Foto: flickr.com/photos/nirak

O orçamento da União está destinando R$ 50 milhões para aporte em cloud computing, informa o site Convergência Digital.

De acordo com o portal, o total não leva em conta os orçamentos de TI dos órgãos governamentais.

Além disso, a Subvenção econômica da Finep - com recursos não reembolsáveis para o governo - também trará uma linha especial dedicada à computação na nuvem.

Governo quer ainda impulsionar a formação de mão-de-obra para a nuvem e atuará como interlocutor entre a Academia e o mercado privado.

“Cloud computing é estratégico para o governo”, diz o coordenador da política de software do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Rafael Moreira.

A iniciativa de cloud, antecipa Moreira, conta ainda com a realização de pilotos - pelo menos 10 - no governo, já a partir de 2013, com o processo sendo conduzido, inicialmente, pelo Serpro, Dataprev e Telebras.

Um outro piloto é, sim, o uso do Expresso, serviço de e-mail eletrônico, desenvolvido pelo Serpro.