Sede do Badesul. Foto: David Alves/Palácio Piratini

A Join Tecnologia, de Porto Alegre, venceu um contrato de fábrica de software de R$ 2,33 milhões com o Badesul, banco de fomento econômico do Rio Grande do Sul.

O contrato prevê o desenvolvimento de 4 mil pontos de função, a maior parte deles nas linguagens Java e ZIM e 5% em ASP.

O preço oferecido pela Join foi de R$ 584 por ponto, 28% mais barato do que a melhor proposta classificada entre as oito concorrentes da licitação, que era de R$ 749,50.

A oferta da Join foi apenas R$ 40 mais barata do que a da segunda colocada, a Iway, que fez uma proposta de R$ 2,34 milhões. Também disputaram o contrato Ibrowse, Totvs, PD Case, Datum, DBserver e Marph.

A Join é uma empresa nova, com cinco anos de mercado e clientes como o Sesi Nacional, em Brasília, a UFSCar e o Crea-RS. A companhia é certificada MPS.BR nivel F.