LatAm Edge Award é voltado para startups com interesse em expandir para o Reino Unido. Foto: Pexels.

O GrupoCASA, em parceria com TradeHorizons e Incisive Edge no Reino Unido, abriu as inscrições do LatAm Edge Award, prêmio voltado para startups latino-americanas com interesse em expandir suas operações para o Reino Unido.

O cadastramento pode ser feito através do site do projeto e custa R$ 120 por empresa.

Os inscritos passarão por uma triagem feita em duas etapas por especialistas latino-americanos e ingleses. As seis finalistas irão para Londres para participar de um pitch deck com investidores. 

A vencedora ganhará um ano de escritório grátis, mais os serviços de suporte em desenvolvimento de negócios, marketing, contabilidade e assessoria jurídica para expandir suas atividades com segurança e suporte no Reino Unido. 

“Quando idealizamos este prêmio pensamos em abrir um caminho para as startups interessadas em se expandir na Europa de forma sustentável. Normalmente, percebemos que há muitas barreiras para enfrentar quando a empresa se expande para fora de seu país, mesmo em locais onde o ecossistema para o desenvolvimento está estruturado” comenta Sandra Sinicco, CEO do GrupoCASA.  

Podem se inscrever startups que usem intensivamente a tecnologia em suas soluções. É preciso também dominar o idioma inglês e apresentar uma solução que possa ser interessante para o Reino Unido. 

A América Latina foi o território escolhido pois a demanda dos usuários, especialmente no mundo mobile, é intensa. Esse é um fator estimulante para o surgimento de novos negócios que, por estarem fora do eixo USA-UK-Israel, não têm muitas possibilidades de aproveitar ao máximo as oportunidades já existentes em mercados mais maduros. 

“Há muito talento empreendedor na América Latina no mundo da tecnologia. No entanto há muitas barreiras que eles precisam ultrapassar para se expandir e se tornar internacionais. Queremos encorajar e apoiar essas empresas criativas a olhar para o Reino Unido como um dos destinos ideais para desenvolver e escalar seus negócios” comenta Gillian Kerr, diretora da Trade Horizons. 

A primeira etapa da seleção das empresas será finalizada no dia 1 de outubro. Em seguida, serão novamente avaliadas as semi-finalistas e convocadas 6 startups finalistas, que irão a Londres no dia 25 de outubro de 2016 para apresentar suas propostas de negócios para a expansão no Reino Unido. 

O Comitê Selecionador é formado por latino-americanos e ingleses e dele fazem parte empreendedores, especialistas em tecnologia e negócios, além de investidores.