Baguete
InícioNotícias> Totvs: ofensiva foca supermercados

Tamanho da fonte:-A+A

ESTRATÉGIA

Totvs: ofensiva foca supermercados

Maurício Renner
// quinta, 10/08/2017 12:15

A Totvs acaba de criar uma diretoria focada em supermercados, com a promessa de investir R$ 8 milhões em inovações para o segmento nos próximos três anos.

Marcos Biazi. Foto: Divulgação.

O diretor da área de supermercados será Marcos Biazi, executivo que entrou na Totvs com a aquisição por da RMS, uma companhia especializada no segmento.

Biazi responderá para a vice-presidência de Distribuição e Varejo da companhia, encabeçada por Ronan Maia, oriundo da PC Sistemas, uma empresa especializada na área de distribuição também adquirida pela Totvs.

Ambas as compras foram feitas em 2013, a primeira por R$ 43 milhões e a segunda por R$ 80 milhões.

Ao que parece, a Totvs quer obter mais retorno com a compra da RMS, integrando os softwares da empresa com soluções de colaboração, analytics, e-commerce, mobilidade e inteligência artificial da empresa.

“A nova diretoria de supermercados foi estruturada com base em conceitos de inovação e especialização, para levar um olhar diferenciado sobre o setor, considerando as suas necessidades e modelos de atuação”, afirma Marcos Biazi, diretor de supermercados da Totvs.

Em maio deste ano, a companhia anunciou a oferta de self checkout, os caixas de supermercado nos quais os próprios consumidores são responsáveis pelo processo de conferência e pagamento dos produtos. 

Até o início de 2018, já estão previstas outras iniciativas, como dashboards para gestão, novos workflows de aprovação, aplicativos para o consumidor, como o click and collect, e aplicações com inteligência artificial, entre elas, precificação dinâmica e personalização de ofertas para os clientes fidelizados.

Ao que parece a Totvs está preparando uma ofensiva no mercado de supermercados, no qual a gigante de ERP não exibe um domínio similar ao que tem entre as empresas brasileiras como um todo.

Hoje, as 300 maiores redes vinculadas à Associação Brasileira de Supermercados são atendidas por 60 soluções diferentes, segundo um levantamento feito pela Consinco, uma das concorrentes da Totvs nessa área.

Quando adquirida, a RMS era um player respeitável na área, mas longe de ser a força dominante.

Fundada em 1991, em Barueri, a RMS tinha então 120 clientes em todo o Brasil e um faturamento de R$ 19,2 milhões.

A Consinco, por exemplo, falava em chegar aos R$ 55 milhões em 2016 e prometia uma estratégia de aquisições para 2017 que ainda não se materializou.

Outros players mais generalistas do mercado de ERP também estão sem mexendo. Recentemente, a Sênior adquiriu a Gôndola Sistemas, uma empresa especializada em supermercados de Blumenau.

Maurício Renner