Baguete
InícioNotícias> PoaTek tem reforço nos Estados Unidos

Tamanho da fonte:-A+A

NOME

PoaTek tem reforço nos Estados Unidos

Maurício Renner
// sexta, 10/08/2018 11:50

A PoaTek, empresa de desenvolvimento de software sediada em Porto Alegre, acaba de conseguir um reforço de peso para os sua presença nos Estados Unidos, país que concentra 95% da sua carteira de clientes.

David Shpilberg.

David Shpilberg, um dos fundadores da Braxis, foi contratado como “chairman” da empresa no país, o que provavelmente significa colocar uma enorme agenda de contatos para prospectar novos negócios no país.

O executivo foi o precursor da prática de tecnologia, como diretor global, na Bain & Company, uma das maiores empresas de consultoria estratégica do mundo. 

Em 2006, foi um dos fundadores da Braxis, companhia de outsourcing de TI que nos anos seguintes fez aquisições no mercado brasileiro até ser ela mesma comprada em 2010, já como um negócio de R$ 1 bilhão anuais, pela gigante francesa Capgemini.

“Shpilberg se identificou com a PoaTek, muito pelo nosso espírito de inovação e transformação digital. Casamos as vontades: dele, de poder voltar a contribuir em uma iniciativa grande de empresa da América do Sul, e nosso, de contar com a experiência e know how de um expoente do mercado internacional”, avalia Cristiano Franco, sócio da PoaTek.

A PoaTek foi fundada em 2015 e já tem uma presença importante nos Estados Unidos, onde os clientes incluem bancos e fundos de investimentos, cassinos em Las Vegas e um dos maiores aeroportos do país, segundo cita a empresa em nota sem citar nomes.

O negócio é ainda pequeno, com um faturamento previsto de R$ 10 milhões em 2018, o dobro do ano passado, e a meta de chegar a R$ 20 milhões em 2019.

A empresa tem um escritório em Porto Alegre, com 41 funcionários, e recentemente abriu outra em Aventura, uma cidade nos arredores de Miami que concentra empresas do setor financeiro.

“Temos hoje uma equipe muito qualificada e preparada para atuar em qualquer gigante da tecnologia. Investiremos para trazer os melhores talentos da área para o nosso time. Devemos chegar a 80 pessoas até o final de 2019”, calcula Lando Kravetz, sócio da PoaTek.  

A PoaTek afirma ser uma “boutique de desenvolvimento de TI”, contratando apenas profissionais fora de série para resolver problemas de desenvolvimento únicos.

A companhia foi fundada em 2015 por Cristiano Franco, um profissional que fez carreira na Dell, onde entrou como trainee e passou 10 anos, chegando a ser gerente de programa sênior de TI.

Franco foi pesquisador no programa de VR da Universidade de Lausanne, na Suíça, além de professor de Ciência da Computação na Unisinos.

Kravetz foi head de vendas para América do Norte de serviços de infraestrutura da Capgemini e está baseado hoje em Miami. Assim como Franco, Kravetz é investidor em startups aceleradas pela Ventiur.

Franco afirma que a Poatek avalia 100 nomes para fazer uma contratação, fazendo uma espécie de processo seletivo permanente.

Maurício Renner