Marco Gomes, fundador da Boo-box.

Tamanho da fonte: -A+A

O fundador da Boo-box, Marco Gomes, é um dos seis finalistas na na categoria Marketing e Comunicação do World Technology Awards, prêmio do The World Technology Network (WTN), que reconhece os profissionais mais inovadores do mundo nas áreas de ciência e tecnologia.

Gomes concorre com  Magid Abraham, presidente e cofundador da comScore, Hazem Rushdi Mohamed, cofundador e CTO da Merchlar, Robin Li, cofundador e CEO da Baidu, o Google da China, Diana Tsai e Stephany Zoo, cofundadores da Bundshop, e Guy Kawasaki, conselheiro especial de negócios da Motorola e Google.

Só um outro brasileiro está na listado nessa fase da competição, que reúne ainda 180 profissionais em 30 categorias: Dinard da Mata, designer da Johnson Controls, em São Paulo.

 A lista tem nomes como Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, Jack Dorsey, ex-Twitter e atualmente no Square e Bill e Melinda Gates, co-fundadores da Bill and Melinda Gates Foundation.

“Figurar na lista dos finalistas de um prêmio tão respeitado como esse é uma grande honra. Esta já é uma grande vitória e o reconhecimento pelo trabalho que a equipe da boo-box vem realizando nesses últimos anos, sempre inovando em soluções de publicidade digital para os clientes da empresa”, afirma Gomes.
 
Além da premiação, os finalistas passam a compor a rede do WTN que reúne os melhores profissionais do mercado para que troquem experiências, conheçam os trabalhos uns dos outros e pensem em aplicações das tecnologias que estão surgindo

A Boo-box foi considerada uma das cinco empresas de publicidade mais inovadoras do mundo de acordo com as revistas Fast Company e Forbes. A publicidade da empresa atinge uma audiência de 60 milhões de pessoas no Brasil com anúncios de clientes como Google, Unilever, Fiat e Microsoft.