Foto: Wiki Commons

Por meio de licitação, a Vivo definiu dois de seus fornecedores da rede de 4G:  Ericsson e Huawei.

Em anúncio realizado na  Futerecom 2012, a empresa anunciou que a Ericsson foi selecionada para implementação da rede 4G da operadora nas regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil e nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Bahia.

Já com a Huawei, a Vivo irá trabalhar em Fortaleza, Recife e Rio de Janeiro. A operadora ainda está definindo todos os fabricantes que vão participar do projeto de implantação da tecnologia.

Na ocasião, a empresa também apresentou uma solução para a instalação das estações radiobase (ERbs) necessárias ao serviço 4G e à ampliação das redes móveis atuais de 3G.

As antenas, em torno de um metro de altura, garantem um baixo impacto visual, sendo fixadas nas laterais de postes de iluminação. Todos os demais equipamentos ficam em caixas subterrâneas de fiberglass – plástico reforçado com fibras de vidro.

Um protótipo da solução está instalado na sede da operadora no Rio de Janeiro. Mais de 500 unidades serão ativadas em vários locais do país ao longo de 2013.

A Vivo afirma que, ao utilizar postes já existentes, a solução evita a construção de novas torres e tem um visual mais limpo, além de consumir menos energia.

CONCORRÊNCIA TAMBÉM AVANÇA
Nesta terça-feira, 09, a Claro anunciou que deve fechar 2012 com um investimento de R$ 2,8 bilhões na estruturação de sua rede de internet móvel LTE (4G).

A companhia já opera com uma rede de testes de 4G nos municípios de Campos do Jordão, em São Paulo, Búzios e Paraty, no Rio de Janeiro e na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.