Foto: Pexels.

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira (CCAB), organização que atua conectando empresas de diferentes nações, adotou a IBM Blockchain Platform rodando em IBM Cloud para integrar dados de toda cadeia exportadora para os países árabes.

O projeto fará parte do sistema Ellos, plataforma desenvolvida pela CCAB para apoiar seus associados e parceiros, e está sendo executado pela IBM Garage, abordagem que a empresa utiliza para possibilitar que os clientes trabalhem de forma parecida como uma startup. 

Numa fase piloto, ele será implementado nos fluxos comerciais envolvendo o Brasil e a Jordânia, país que, de acordo com a organização, está fazendo um grande esforço de digitalização governamental e busca se reposicionar como um hub de acesso à região para outros países. 

Segundo a câmara, a aplicação baseada em IBM Blockchain deve oferecer aos usuários dos seus serviços mais agilidade, praticidade e transparência nos processos de exportação, atendendo os requisitos de qualidade e de compliance das diferentes legislações de importações e exportações de bens vigentes em cada país.

Para isso, a organização já migrou todo seu ambiente on premise para a IBM Cloud e observou mais agilidade para o desenvolvimento de novas aplicações, além da possibilidade de melhorias em manutenção, custos e esforços das equipes, que enfrentavam desafios diários por conta de sistemas legados e complexos.

“A IBM nos trouxe uma metodologia e as tecnologias necessárias para darmos um passo além nas operações, com agilidade para fazer a inovação acontecer", afirma Tamer Mansour, secretário-geral da Câmara Árabe-Brasileira.

Com as soluções adotadas, a empresa de tecnologia salienta que as organizações envolvidas nos processos de importação ou exportação passam a ter mais agilidade sobre as operações em um movimento que fortalece o ecossistema de comércio exterior.

"Conseguimos consolidar uma parceria muito forte e próxima com os profissionais da CCAB e reforçar a IBM como um parceiro confiável de tecnologia, capaz de dar suporte aos desafios de forma completa, desde a modernização de infraestrutura em cloud até o desenvolvimento de aplicações envolvendo blockchain, microsserviços e DevOps", destaca Joaquim Campos, VP de cloud e cognitive da IBM Brasil.

No Brasil desde 1917, a IBM conta com mais de 390 mil colaboradores em todo o mundo, com 15 laboratórios, além de cientistas, engenheiros, consultores e profissionais de vendas em mais de 170 países.

Atuando há mais de 68 anos, a CCAB representa no Brasil os interesses comerciais dos países da Liga dos Estados Árabes — instituição que congrega os 22 países independentes que adotam o árabe como idioma oficial.