Iniciativa irá acelerar 10 startups em 2014. Foto: flickr.com/photos/jurvetson.

A Prefeitura de Campinas e o Núcleo Softex Campinas, associação das empresas de software com atuação na cidade e no interior de São Paulo, iniciam as operações de uma aceleradora municipal de empresas do Brasil.

O primeiro edital para seleção de 10 startups será publicado em janeiro. Serão selecionadas empresas de base tecnológica com sede na cidade para participar da aceleração durante o ano de 2014.

Faz parte desse processo o acompanhamento de mentores, ex-executivos e profissionais de grandes empresas para auxiliar os empreendedores nos desafios iniciais.

Terminada essa etapa, as empresas serão preparadas para receber aplicações e apresentar sua proposta de negócios aos investidores, conforme o TI Inside

"A participação do poder público em aceleradoras de empresas já é pratica consolidada em projetos estaduais e federais, como no programa TI Maior, mas é inédita a nível municipal”, afirma Edvar Pera Jr., diretor executivo do Núcleo Softex Campinas.

Como parte do plano de governo do prefeito Jonas Donizette, a criação da aceleradora integra a ideia de fomento de setores estratégicos para o desenvolvimento do município. 

"Campinas tem uma grande vocação para a ciência, tecnologia e inovação. A criação de um modelo inédito para a aceleração de empresas é uma forma de investir no desenvolvimento deste ecossistema, que já é muito forte, mas que pode se destacar ainda mais nacionalmente", destaca o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo de Campinas, Samuel Rossilho.