Rafael Nicolela.

Rafael Nicolela não é mais gerente de território da IBM para a região da Serra Gaúcha.

O executivo deixou a companhia e no momento está na França, fazendo um mestrado em gestão de negócios.

Nicolela havia assumido a posição na IBM em agosto de 2014, depois de sair da Stemac no final do ano anterior.

Na fabricante de grupos geradores o executivo foi  gerente geral de supply chain. Antes de entrar na Stemac, em agosto de 2011, Nicolela foi CIO por 10 anos da Doux Frangosul, onde chegou a assumir a diretoria administrativa.

A reportagem do Baguete procurou a IBM para saber quem ocupará a posição, mas não recebeu retorno até o fechamento dessa matéria.

A IBM começou apostar mais pesado na Serra Gaúcha em 2012, quando  investiu R$ 1 milhão em uma nova estrutura de atendimento em Caxias do Sul, cidade que possui o segundo maior PIB do estado.

A estratégia de interiorização da Big Blue, no entanto, é mais antiga. Data de 2009, ano a partir da qual a empresa abriu operações em 38 cidades fora do eixo Rio-São Paulo.

A saída de Nicolela pode significar um recuo dessa estratégia por parte da IBM. Grandes companhias de tecnologia podem ser pendulares nos seus movimentos, variando entre extremos.

A SAP, por exemplo, executou uma estratégia de regionalização parecida com a da IBM. Com o esgotamento da capacidade de vendas nesse sistema, a empresa retornou a uma abordagem mais centralizada.

O encolhimento faria sentido no contexto econômico da região da Serra, que está sendo mais afetada do que a média pela crise.

Nos sete primeiros meses do ano passado, Caxias do Sul, a principal cidade da região, teve uma queda do PIB de nada menos que 15,7%.