Rodrigo Portieri, diretor da operação brasileira da Bizagi. Foto: Divulgação.

A Bizagi, que abriu um escritório no Brasil há quase um ano, quer crescer no país com foco na vertical de serviços financeiros, especialmente em seguradoras.

No segmento, a empresa já tem clientes como Caixa Seguradora, Cardif, Generali, Seguros Universal, Axa e Old Mutual.

Uma das estratégias para conquistar mais clientes no segmento financeiro é a recente adição da ITG do Brasil ao programa de parceiros da Bizagi. 

“A expertise da ITG traz bastante sinergia a nossa estratégia de atuação vertical, principalmente por sua carteira ativa de clientes, com mais de 80% do das seguradoras e resseguradoras presentes no país”, afirma Rodrigo Portieri, diretor da operação brasileira da Bizagi.

O programa de parceiros também inclui as empresas Atos, para grandes contas; Compsis, de São José dos Campos; GNOFI Consulting, de Brasília; MBS Consulting, de Porto Alegre; Microware, de Niterói; Pentago Consulting, de Vitória e Tecnisys, de Brasília.

A Bizagi oferece uma Plataforma de Negócios Digitais que busca um processo bem-sucedido de transformação digital, para evitar a falta de alinhamento nas empresa entre a TI e as áreas de negócios, sistemas e processos.

A Bizagi conta com três sistemas: Modeler, Studio e Engine. O Modeler é uma aplicação freeware para diagramar graficamente, documentar e simular processos no modelo BPM. 

Já o Bizagi Studio é uma solução freeware que permite que as organizações automatizem os processos de negócio e fluxos de trabalho. Por fim, o Bizagi Engine registra os processos previamente modelados e automatizados para que sejam executados em toda a organização. 

O Engine pode ser usado gratuitamente por companhias com até 20 usuários. Já o Modeler, por exemplo, é gratuito em sua versão padrão, mas há um modelo pago com a possibilidade de colaboração entre usuários na nuvem.

“Nos próximos 5 anos muitos dos modelos de negócios atuais serão substituídos por produtos ou serviços oferecidos por empresas nascidas digitalmente. Queremos apoiar nossos clientes em suas jornadas pela transformação digital e permitir a experimentação ágil, ou seja, a capacidade de criar um MVP (Mínimo Produto Viável) e rapidamente testá-lo no mercado”, destaca Portieri.

Fundada no Reino Unido em 1989, a Bizagi tem escritórios em cidades como São Francisco, Nova York, Bogotá, Madrid, Munique e São Paulo.