Parte nos novos ramais estão no escritório central da entidade, em Sorocaba. Foto: divulgação.

A Associação Paulista Sudoeste (APSO), entidade ligada à Igreja Adventista do Sétimo Dia, contratou a tecnologia da Avaya para modernizar sua infraestrutura de telecom.

O projeto foi desenvolvido com a Olibras, empresa distribuidora de soluções em telecomunicações da Avaya, e a Olitel, de integração de serviços de TI e telecom.

No total, a entidade passou a operar com 194 ramais administrativos, parte deles no escritório central, em Sorocaba, e a maioria nos sete colégios da rede, também no interior de São Paulo.

Todos os aparelhos analógicos, nos quais eram realizadas ligações DDD, foram substituídos pelo Avaya 9608G IP, com o módulo de sobrevivência que replica para o servidor da Avaya.

As unidades que possuíam entroncamento local, 60 canais E1 da Americanet, foram portadas para a nuvem por conexão SIP Trunk.

Isso significa que não há nenhum fio de linha telefônica entrando em um PABX físico, evitando problemas de disponibilidade.

A Avaya também disponibilizou um PABX para gerenciamento do próprio cliente, dispensando a abertura de chamados para suporte técnico.

“Não precisamos mais de terceiros. Assim, economizamos recursos, ganhamos tempo e otimizamos nossa operação”, ressalta Jonathas Menegatto, gerente de tecnologia da APSO.

Para implantação, os aparelhos foram despachados via transportadoras, todos já programados e provisionados.

“O usuário apenas ligou na tomada, subiu a programação e pronto: sistema plug & play. Trata-se de uma tecnologia de ponta, mas com instalação fácil”, frisa Lupércio de Souza, diretor comercial da Olibras.

Segundo a APSO, foi produzido um vídeo explicativo e isso foi suficiente para que os colaboradores usassem o equipamento com tranquilidade. 

O único ajuste interno foi a configuração das teclas de atalho e, ao longo de um mês, não foram registrados transtornos nem inoperância.

De acordo com a entidade, os principais benefícios da mudança foi a redução de custos em 70% na telefonia fixa, representando não menos do que R$ 120 mil ao ano, além de fatores como agilidade, disponibilidade, estabilidade e segurança.

“Temos que considerar ainda o ganho na qualidade de voz: as conversas pelo telefone ficaram muito mais limpas, livres de ruídos e interferências”, reforça Rafael Gonçalves, líder de canais da Avaya no Brasil.

Fundada em 2010, a APSO tem uma operação que atende a 5,7 mil estudantes e possui 480 funcionários.

Os colégios estão localizadas nas cidades de Sorocaba, Indaiatuba, Porto Feliz, Piracicaba, Hortolândia, Tatuí e Itararé, todas no interior paulista.

Figurando na bolsa de valores de Nova Iorque, a Avaya existe há mais de 100 anos e possui 144 milhões de usuários, com mais de 130 milhões de dispositivos vendidos em mais de 175 países. No Brasil, a empresa tem sede em São Paulo.

No mercado há 38 anos, a Olitel é o maior parceiro de nuvem da Avaya no mundo, com mais de 70 mil posições comercializadas e mais de 21 clientes de contact center.