COLHEITA

Prodap fatura R$ 130 milhões, alta de 51%

11/02/2022 14:30

A consultoria agropecuária apostou em softwares de gestão e está colhendo os resultados.

Leonardo Sá, CEO da Prodap. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Prodap, mineira que possui softwares de gestão especializados em fazendas de pecuária de corte, leite e fábricas de ração, registrou um faturamento de R$ 130 milhões em 2021, alta de 51% em comparação com o ano anterior.

Segundo Leonardo Sá, CEO da empresa, o resultado está ligado ao fato do setor agro ter um futuro bastante otimista no país.

“Historicamente, o Brasil tem uma vantagem competitiva. A demanda dos produtos ligados à alimentação é linear e o que temos visto agora é uma retomada forte de exportação, principalmente no mercado da carne, refletindo no nosso negócio de forma positiva”, avalia Sá. 

Considerando que o mercado da pecuária é de R$ 19 bilhões, a expectativa da companhia é chegar nos R$ 200 milhões de faturamento em 2022, crescendo mais 52%.

Com sede em Belo Horizonte, a Prodap existe desde 1979 e, em 2017, percebeu a importância do digital e adotou uma metodologia que combina consultoria, nutrição e tecnologia. 

Atualmente, a empresa conta com os softwares de gestão Prodap views, Prodap smart, Prodap smartmilk e Prodap fabs — com 5,5 mil fazendas cadastradas em suas plataformas.

Além disso, desenvolveu a Lore, inteligência artificial que já está sendo utilizada em 46 fazendas-piloto de clientes.  

Entre 2017 e 2021, a companhia cresceu em mais 430%, passando de um faturamento de R$ 30 milhões para R$ 130 milhões. O quadro de funcionários também aumentou de 97 para 330 no período.

Veja também

GESTÃO
Treetech reformula ECM com DB1

A empresa paulista é especializada na gestão de ativos e instalações elétricas.

RUMOS
Atos: virada para nuvem

Gigante é mais uma a deixar para trás o mundo da infra tradicional.

COMPRAS
InHouse Market levanta R$ 1,9 milhão via CapTable

Startup cearense opera e licencia mercados sem funcionários em condomínios.

AMÉRICA
Sonda abre nos Estados Unidos

Sonda USA tem orçamento de US$ 200 milhões e é uma virada de rumos.

APORTE
Vobi recebe aporte de R$ 7 milhões

Rodada foi liderada pela Y Combinator com participação do fundo MAR Ventures e de investidores-anjos.

REFORÇO
Barroso, ex-Oracle, está na Infor

Executivo tem também quase 20 anos de bagagem na Totvs.