Se os seus funcionários se parecem com eles, você tem uma empresa de brinquedo. Foto: flickr.com/photos/boombust

É impossível saber o que as mulheres querem, isso é sabido. Mas os desejos dos funcionários da sua empresa em relação aos seus benefícios já não são um mistério, porque a Page Personnel, agência de recrutamento de profissionais de suporte à gestão e primeira gerência fez uma pesquisa sobre isso.

Uma das conclusões é que o vale refeição perdeu seu charme.  Para 44,2% dos consultados, oferecer subsídio para alimentação não é mais um diferencial. Talvez porque todo mundo já recebe:
71,7% dos respondentes disse receber os tickets.

O que os funcionários realmente querem é participação nos lucros. Mais da metade dos consultados (54,2%) têm participação nos lucros e 79,1% valorizam ou desejam ter o benefício.

De acordo com o Mapa de Benefícios 2013 da companhia, que ouviu 2,5 mil profissionais analistas, coordenadores e jovens gestores de diversos setores de 20 a 30 anos, sem seguida aparece a previdência privada.

Um total de 37,5% já recebe da empresa e 60,2% que valorizam ou desejam ter um plano. Os que recebem algum subsídio para cursos ou bolsas de estudo representam 25,2% da amostra e 38,2% valorizam ou desejam ter esse auxílio.

O 14º salário está presente na cesta de vantagens – esse é o termo técnico - de 11,2% dos respondentes enquanto 38,2% almejam ou dão importância a esse subsídio.

O estudo também revelou que ter o carro da empresa à disposição é realidade para 7,3% dos profissionais da amostra e 12,8% pretendem desfrutar dessa oferta. Ter ações da companhia é uma conquista de 4,3% dos participantes e 12,9% também gostariam de receber esse incentivo.

Dos respondentes, 83,3% afirmaram que possuem algum plano de saúde, odontológico ou seguro de vida. Os subsídios com alimentação estão presentes na cesta de 71,7% dos respondentes enquanto 54,2% confirmaram receber participação nos lucros.

O plano de previdência privada é realidade para 37,5% da base. Já 32,2% da amostra recebe pagamento ou reembolso de custo com transporte.