Empresa tem 18 mil colaboradores. Foto: Reprodução.

O Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) adotou o PRTG Network Monitor da Paessler, sistema para gerenciamento do tráfego de dados e configuração dos dispositivos instalados. 

A empresa com 18 mil colaboradores tem sua rede monitorada com uma plataforma virtual da VMware sobre um servidor com versão 64 bits do Windows Server 2008, processador Intel Xeon 2.4 Ghz Quadcore e 10GB de memória RAM.

O software é utilizado para monitorar cerca de 8 mil sensores em switches e roteadores. 

"Criamos um mapa para ser utilizado em um painel de monitoramento que permitiu uma visão geral de toda rede WAN. Esse painel possibilitou que a equipe de telecom da gerência de produção do Sicoob aprimorasse o controle na gestão de rede de longa distância”, conta José Eduardo Godoi, líder de equipe da empresa.

Um dos critérios para a escolha do sistema foi a mobilidade, para permitir que os usuários fizessem uso da ferramenta em qualquer lugar e em todas as plataformas.

Além disso, foram analisadas a quantidade de circuitos a ser gerenciada, são 2,5 mil, e a possibilidade de extrair informações em tempo real.

De acordo com o Sicoob, o tempo para abertura de chamado com as operadoras caiu pela metade quando há alguma oscilação temporária. 

A organização espera que a economia chegue até R$ 1,5 milhão por ano nos contratos com cinco operadoras de telecomunicações.

“O PRTG elevou o nível de atuação da nossa equipe de telecom na gestão da rede, na identificação de falhas antes mesmos das operadoras de telecom e no monitoramento em tempo real de circuitos críticos para o negócio”, ressalta Godoi.

O Sicoob oferece produtos e serviços financeiros aos seus 2,5 milhões de associados. São parte do sistema a Confederação Nacional das Cooperativas, o Banco Cooperativo do Brasil S.A. (Bancoob), a Bancoob DTVM, o Sicoob Previ, a Cabal Brasil e o Fundo Garantidor (FGS). 

A Paessler AG, empresa alemã especialista em soluções de monitoramento de rede, cresceu 61% em volume de vendas no Brasil em 2012 em relação a 2011. O mercado brasileiro foi responsável por 1% dos resultados globais da corporação. 

Com uma base de cerca de 150 mil clientes, em 15 países, a Paessler atende empresas como a Volkswagen e a BMW.