A Bain Capital firmou acordo para adquirir a Blue Coat por US$ 2,4 bilhões. Foto: Divulgação.

A Bain Capital firmou acordo para adquirir a Blue Coat por US$ 2,4 bilhões. A compra deve preparar o terreno para que a desenvolvedora de aplicações de rede e segurança cibernética faça novamente sua oferta pública inicial de ações (IPO).

A Blue Coat foi comprada em 2012 pelo fundo de private equity Thoma Bravo LLC, por US$ 1,3 bilhão, após um período tumultuado, com quedas constantes nos lucros, quando decidiu fechar seu capital. 

Em 2010, antes de ser adquirida, a companhia registrava lucro anual de US$ 496 milhões.

Presente há cerca de dez anos no Brasil, a Blue Coat possui escritório em São Paulo e tem os mercados brasileiro e mexicano como os mais importantes da América Latina que, juntos, respondem por dois terços do faturamento da empresa na região.

"Estamos entusiasmados com a oportunidade de trabalhar com a equipe da Blue Coat para aumentar os negócios organicamente e através de aquisições, e em última análise, o retorno da empresa ao mercado de capitais", disse o CEO da Bain Capital, David Humphrey, em comunicado.

O Wall Street Journal informou no mês passado que o Thoma Bravo estava concentrando esforços para vender a Blue Coat. No ano passado, o fundo se reuniu com alguns compradores estratégicos, incluindo a Raytheon Company, que atua nas áreas de defesa e segurança, mas as conversas não levaram ao fechamento do negócio.