Cássio Bobsin e Victor Knewitz. Foto: Divulgação.

A Zenvia chegou a um acordo com a Spring Mobile Solutions para a aquisição da área de Serviço de Valor Agregado (VAS).

A área de VAS da Spring possui aproximadamente 400 clientes nos setores financeiro, de varejo, saúde e consumo, oferecendo soluções de mensageria, mobile marketing e tarifação de serviços e bens virtuais.  

“Este é um passo muito importante para o mercado, pois o portfólio de VAS da Spring Mobile traz mais agilidade e sinergia para nossas operações”, diz Cassio Bobsin, CEO da Zenvia. 

De acordo com Bobsin, a plataforma adquirida proporcionará aos clientes Zenvia mais recursos, maior capacidade e qualidade de serviço aos clientes. 

“A Spring Mobile Solutions sempre foi, prioritariamente, uma empresa de software de mobilidade para os representantes de campo na indústria de bens de consumo. Por isso, a venda da unidade de VAS fez sentido, pois nos permitirá novos investimentos e foco na nossa unidade de negócio de SaaS”, diz o presidente da Spring, Conor Keane.

A Spring Mobile Solutions já possui escritórios e centros de distribuição nos Estados Unidos, Colômbia, Brasil, México e Rússia, e planeja abrir filiais na Ásia, África e Europa.

Os cerca de 50 colaboradores que já trabalhavam na área de VAS da Spring deverão permanecer na operação.

“Nossos planos para 2015 consistiam em contratar mais de 80 novos profissionais para expandir a oferta dos serviços e colocar em prática nosso plano de crescimento para essa área. Com a aquisição, essas contratações devem diminuir, pois já contaremos com profissionais preparados”, diz o CEO da Zenvia. 

A expectativa da Zenvia para 2015 é dobrar o faturamento que, no ano passado, foi superior a R$ 150 milhões.

No final de 2014, a Zenvia recebeu um aporte de R$ 71 milhões dividido meio a meio entre o BNDESPar e o fundo de investimentos DLM.

Victor Knewitz e Cássio Bobsin fundaram a Human Mobile em 2003. Em 2011 a empresa adquiriu a concorrente Comunika, tornando-se líder em SMS corporativo no Brasil e mudou seu nome para Zenvia. 

Em 2012 adquiriu a Purebros, líder em soluções de carrier billing no país, e em 2013 incorporou a startup Zynk, focada em distribuição de conteúdos para smartphones, divulgando um investimento de R$ 5 milhões na empresa.