Foto: flickr.com/photos/locaweb

A Locaweb comemorou a marca de 100 novos clientes corporativos, de janeiro a maio deste ano, numa resposta indireta à divulgação similar da Amazon.com, que anunciou o total de 40 clientes e parceiros conquistados também num período de cinco meses.

Entre os novos nomes no portfólio da brasileira, estão: Itaú, Associação Atlética Ponte Preta, PDT, Droga Raia, AOC, Arts e Solutions, Bristol-Myers e WebStorm Internet.

Já entre as agências parceiras, que utilizaram o hosting da Locaweb para ações de clientes, a lista inclui a Orquestra Comunicação, com case da Whirlpool; a Lew’LaraTBWA, com a conta da Pedigree; e a Samba Comunicação, com a Huggies.

“Nossa carteira já conta com grandes corporações, como Bauducco, Pfizer e Pepsi. A chegada de mais nomes de peso mostra que estamos em plena expansão”, enfatiza Camila Kamimura, gerente de Marketing de produtos PaaS & IaaS da Locaweb.

NA AMAZON
A lista de atendidos pela Amazon também não fica atrás: Sulamérica, com lucro líquido de R$ 448,1 milhões no ano passado, e Resource, com faturamento de R$ 260 milhões em 2011, são alguns dos nomes recentes.

Na divisão de parceiros, BRQ, RedHat, TrendMicro, WDev, W5, Walar, GlobalCode, Caelum, Ionatec e W5 são alguns exemplos.

BRIGA À BRASILEIRA
A chegada da Amazon Web Services ao Brasil – parte da varejista Amazon.com, que faturou US$ 48,07 bilhões no ano passado – causou apreensão no setor de cloud nacional.

Cerca de um mês depois do anúncio da oferta no país, a Locaweb reagiu à concorrente norte-americana com uma comparação nada lisonjeira entre os serviços.

Apesar dos ataques, os números mostram que a área de hosting da americana vai bem.

A receita foi estimada por analistas em US$ 500 milhões em 2010, e espera-se que ela feche 2012 com faturamento de US$ 1 bilhão. Até 2015, a previsão dos analistas é de uma alta de US$ 2,6 bilhões.

A empresa norte-americana não revela metas para o Brasil ou América Latina.

Enquanto isso, a Locaweb reforçou sua oferta de serviços, com o anúncio de um ERP na nuvem feito nesse ano, e segue sob a bandeira da liderança na região.