Baguete
InícioNotícias> Accenture: mais 1 mil em Recife

Tamanho da fonte:-A+A

NORDESTE

Accenture: mais 1 mil em Recife

Maurício Renner
// quinta, 11/06/2015 14:10

A Accenture anunciou nesta quinta-feira, 11, a meta de contratar mil novos colaboradores em Recife até 2017.

Vista área do Porto Digital em Recife. Foto: divulgação.

Em sua nota, a multinacional não revelou qual é o número atual de empregados do Accenture Delivery Center, inaugurado em 2010.  

Uma matéria da Exame divulgada em abril de 2014 tinha naquele momento 500 funcionários e mencionava a meta de atingir 750 funcionários na capital pernambucana até o final do ano, o que representaria um crescimento de 50%. 

Os números indicam que a Accenture demorou um pouco em atingir seus objetivos em relação a contratações no centro. Na abertura, a meta divulgada era chegar a 500 pessoas em dois anos, até 2012.

De qualquer maneira, as cifras transformam a Accenture na maior empregadora em TI de Recife. 

Hoje, só no Porto Digital, 230 companhias empregam 7 mil funcionários. Também tem operações no local gigantes como Microsoft e IBM.

Além do Recife, a Accenture tem unidades em São Paulo, Belo Horizonte, Brasilia, Vitória, Porto Alegre, Curitiba, Alphaville, Campina Grande e Rio de Janeiro.

“Nosso investimento na expansão do Recife não traz apenas desenvolvimento econômico para a região, mas também oferece aos nossos clientes acesso a recursos de ponta bem aqui em nosso país”, afirma Roger Ingold, presidente da Accenture no Brasil. 

O Accenture Delivery Center no Recife é parte do Global Delivery Network (GDN) - que conta com mais de 50 centros em todo o mundo.

“Existe uma grande riqueza de talentos em tecnologia no Recife e estamos muito felizes por poder oferecer oportunidades de desenvolvimento de carreira dentro da Accenture”, destaca Flavia Picolo, diretora do Accenture Delivery Center de Recife. 

O delivery center de Recife oferece serviços de outsourcing de TI e desenvolvimento de sistemas  com foco em Java e .Net. 

Em novembro do ano passado, a Sofftek anunciou a criação de um centro global de entrega de serviços em Fortaleza, no Ceará, com a meta de empregar 1,7 mil pessoas até 2018, tornando-se o maior da empresa no país.

O governo cearense vai bancar bolsas-auxílio para os estudantes durante o processo de treinamento, máquinas e equipamentos, incentivos fiscais, além de investir e financiar projetos de P&D, explica a Softtek em nota, sem abrir valores. 

A empresa não divulgou qual a proporção da mão de obra estará alocada em áreas de pesquisa e quanta desempenhará tarefas de outsourcing de processos de negócios (BPO, na sigla em inglês).

Maurício Renner