A Renner acaba de lançar sua primeira campanha no Waze. Foto: eskay/Shutterstock.

A Renner, maior varejista de moda do Brasil em faturamento, acaba de lançar sua primeira campanha no Waze. O aplicativo irá comunicar as novas lojas da rede em Taubaté, Rio de Janeiro e Guarulhos, além de colocar pins nos mapas para mostrar as 250 unidades da Renner no país. 

Outras marcas do varejo, como o Ponto Frio, Grupo Pão de Açúcar, Carrefour e Havan, vêm experimentando o Waze para se comunicar com clientes.

“O Waze é extremamente útil, pois permite, por meio de um clique call-to-action, que usuários sejam direcionados à loja mais próxima. O uso de ferramentas modernas e não invasivas nos agrada muito, uma vez que nos conecta facilmente com o cliente”, afirma Luciane Franciscone, gerente geral de Marketing da Lojas Renner.

Com faturamento de R$ 5 bilhões, Lojas Renner se tornou a líder do segmento no Brasil no começo de 2014, deixando a holandesa C&A para trás, aponta relatório do banco BTG Pactual. 

Mariana Krym, VP de Mobile da IMS Internet Media Services (IMS), representante exclusivo do Waze na América Latina, enxerga uma tendência no varejo brasileiro em utilizar o encontro pessoal e a comunicação virtual. 

"O que estamos percebendo atualmente é que os varejistas vêem o Waze como uma alternativa publicitária para se conectar com suas audiências de forma similar àquela utilizada pelos antigos outdoors, ou seja, espalhando a mensagem pela cidade" comenta.

O Waze iniciou a comercialização de seus espaços publicitários há 1 ano e meio no Brasil e o varejo tem crescido cerca de 120 % ao ano no uso do aplicativo para se comunicar com os consumidores

"Os anúncios no Waze que direcionam para o local que está promovendo a campanha também se tornaram a cada dia mais populares. Isso porque estamos disponibilizando, cada vez mais, benefícios exclusivos e promoções para os varejistas interessados em fazer campanhas no aplicativo", finaliza Mariana.

Segundo dados do final do ano passado, o Brasil é o segundo país em número de usuários ativos do Waze, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. 

Com 1,5 milhão de usuários, São Paulo está entre as cidades do mundo mais importantes do Waze, assim como Los Angeles e Nova York, nos Estados Unidos, e Jacarta, na Indonésia. 

O Waze foi criado em Israel em 2007. Em 2013, o Google adquiriu a empresa pela quantia estimada de US$ 1,3 bilhão.