Jaime de Paula, CEO da Newoay. Foto: Divulgação.

A Neoway, empresa de big data analytics, inteligência artificial, machine learning e tecnologia aplicada a negócios, anuncia a aquisição da LegalLabs, companhia brasileira de inteligência artificial para a área de direito. 

A operação, avaliada em US$ 26 milhões, dá origem à Neoway Legal, solução focada no aumento de produtividade jurídica e administrativa de organizações privadas e púbicas.

O sistema disponibiliza funcionalidades como previsão de decisões judiciais, contingenciamento de massas processuais, previsão de valor de condenações judiciais, apoio à decisão jurídica e geração de documentos. 

A empresa mira atender com o sistema clientes com grande número de processos judiciais, como bancos, seguradoras, negócios de saúde, energia, e-commerce, além de Tribunais, Procuradorias e grandes escritórios de advocacia.

"A compra da LegalLabs faz parte da estratégia de crescimento da Neoway, pois traz uma tecnologia complementar à empresa, fortalecendo ainda mais o nosso posicionamento de one stop shop de soluções tecnológicas. Estamos atentos a novas oportunidades que tenham sinergia e sejam interessantes para os nossos negócios", comenta Jaime de Paula, CEO da Newoay.

A Neoway Legal chega para compor a oferta da Plataforma de Risk & Compliance e anti-fraude da Neoway.

Ricardo Fernandes, fundador da LegalLabs, assume agora a função de Chief Researcher da Neoway Legal.

"O futuro da Neoway Legal é bastante promissor. Com toda a expertise de IA da LegalLabs aliada ao know-how em big data da Neoway, temos um produto extremamente poderoso. A meta é que, até o fim do ano, 10% das receitas da empresa sejam da nova solução. Até 2020, esperamos já disponibilizá-la também para o mercado norte-americano. Estamos produzindo tecnologia inigualável no mundo", ressalta Fernandes.

Já Kleber Campos, antes CEO da LegalLabs, agora é executivo da Neoway Legal.

A Neoway já adquiriu outra empresa voltada para IA em 2019. Em fevereiro, companhia comprou a Sevennova, plataforma de inteligência artificial para customização de campanhas digitais. O negócio foi fechado em US$ 15 milhões.

Fundada em 2002, a Neoway tem sede em Florianópolis e filiais em São Paulo, Nova York e Portugal. A companhia conta com mais de 300 funcionários. 

Em setembro de 2017, a empresa catarinense captou US$ 30 milhões com fundos de investimento como o Temasek, com sede em Cingapura. Em junho, a empresa havia fechado outro aporte de US$ 45 milhões.

Desde sua fundação, a companhia já captou US$ 105 milhões com investidores.