Nokia apresenta o Lumia 1020. Foto: divulgação.

A Nokia anunciou nesta quinta-feira, 11, o seu mais novo aparelho da família Lumia, o 1020, que conta com um arma notável para chamar a atenção do público. O telefone conta com uma câmera como nada menos do que 41 megapixels.

Rodando com Windows Phone, o novo carro-chefe entre os Lumias chega às lojas norte-americanas em 26 de julho, pelo preço de US$ 299.

No Brasil ainda nao há previsão de lançamento, embora o CEO da Nokia, Stephen Elop, garantiu que o resto do mundo receberá a nove ainda "neste trimestre.

Mas vamos falar sobre o que realmente chama a atenção: a câmera. Segundo dados divulgados pela fabricante, ela conta com capacidade de captura em 41MP com zoom digital e estabilização ótica de lente.

Além disso, para não sobrecarregar os que preferem fotos mais simples - e menos pesadas - para divulgar em redes sociais, por exemplo, o sistema do 1020 salva as fotos em uma versão de 5MP. O celular também conta com um flash Xenon, que pode ser usado nas fotos e na iluminação em vídeos HD.

Na parte de software, o novo Lumia conta com recursos como ajustes de exposição, obturador, abertura e ISO, semelhante a câmeras profissionais. O controle é feito no próprio display do celular, de forma semelhante a câmeras lançadas recentemente pela Samsung que contam com recurso semelhante.

Para mostrar a qualidade da câmera no novo celular, a Nokia lançou um kit de desenvolvimento exclusivo para a nova plataforma, e também firmou parcerias com empresas como CNN, Yelp, Foursquare, Path, entre outras.

Segundo destaca o Mashable, esta não é a primeira vez que a Nokia aposta no poder de suas câmeras para alavancar a venda de seus aparelhos. O Lumia 1020 segue os passos do finado Nokia 808 PureView, smartphone Symbian que contava com um sensor de 41MP.