Operação da Santa Cruz. Foto: divulgação.

A Nap IT, consultoria gaúcha especializada em redes, está implementando a solução de comunicações unificadas da Cisco na Souza Cruz.

O projeto usa a solução de gerenciamento de comunicação unificada versão 10.0 da multinacional, junto com Cisco VCS Expressway, para garantir a segurança do sistema de telefonia IP.

Foram escolhidos sete modelos de aparelhos, totalizando 1,4 mil telefones, com previsão de ampliação para 2,5 mil até a conclusão do projeto, que hoje atende as unidades no Rio de Janeiro e Porto Alegre. 

Ao todo, cerca de 7 mil pessoas, entre funcionários e profissionais terceirizados, serão beneficiadas pela tecnologia.

O Be Connected vai permitir comunicação gratuita entre os colaboradores da companhia, principalmente em ligações internacionais, que antes representavam até 30% do valor dos gastos com telefonia. 

Antes mesmo de chegar a esse projeto, a Nap IT realizou um assessment no ambiente tecnológico da matriz da Souza Cruz, localizada no Rio de Janeiro, e identificou que os sistemas de telefonia eram híbridos - 70% analógico e 30% VoIP –, e estavam obsoletos e sem suporte para manutenção.  

“Fizemos questão de transformar um upgrade técnico, focado em economia de serviço, em uma iniciativa de atualização tecnológica de alto valor agregado para o colaborador”, avalia Matheus Ferreira, gerente de TI para a área de Product Center e Global Leaf R&D da Souza Cruz.

A versão 10.0 do Call Manager traz como diferencial a oferta de um canal privado, e seguro, entre os dispositivos de telefonia móvel dos colaboradores – como Android, iPad e iPhone, entre outros –, e a infraestrutura de Comunicações Unificadas da Souza Cruz, que poderão ter seu ramal direcionado para seu smartphone particular. 

Somada a essa integração, o projeto disponibiliza serviços de Voice Mail, Instant Messaging, Compartilhamento de Tela (via softphone), Vídeo Conferência (via soft e hardphone) pela rede local e pela internet (SIP), entre outras funcionalidades que facilitam a comunicação de voz e vídeo.

No escritório, o principal desafio de integração foi o dimensionamento de linhas analógicas, visto que foi necessário manter algumas para atender equipamentos de fax e ramais de serviços, como código de portas e sistemas de alarme.

Além disso, houve a necessidade de reestruturar a rede sem fio (Wi-Fi) para fortalecer o sinal e prover conectividade aos aparelhos móveis dos colaboradores. Essa etapa foi superada com a análise e implantação de novos switches e access points.

Com a implementação do Be Connected, o Brasil pode se tornar um hub mundial de telefonia da Souza Cruz, pois vai servir de modelo para os demais países por ter a tecnologia mais moderna em comunicação unificada. 

A ideia é que somente um fornecedor gerencie essa área, a fim de potencializar a redução de custo e a complexidade da tecnologias.

Líder do mercado brasileiro de produção de cigarros, a Souza Cruz tem seis das dez marcas mais vendidas no país.

A empresa finalizou 2014 com 78,4% de participação no mercado e um lucro líquido de R$ 1,714 bilhão, valor 1,2% maior que o alcançado no ano anterior.