A Agrochapada é produtora de soja e criadora de gado. Foto: Divulgação.

A Agrochapada (Agropecuária Chapada dos Guimarães), produtora de soja e criadora de gado, adotou o PIMS Multicultivo, software especialista em produção rural da Totvs.

Com um volume de cerca de 19,7 mil hectares e 14,5 mil cabeças, a Agrochapada está localizada nas regiões de Paranatinga e Primavera do Leste, no Mato Grosso. 

A busca por tecnologias especializadas no agronegócio ocorreu porque os sistemas utilizados pela companhia não a atendiam por completo, principalmente pela falta de integração e controle de campo, que era praticamente todo manual.

O sistema da Totvs possibilita, por exemplo, o Controle Técnico Agronômico, facilitando o gerenciamento das amostragens fitossanitárias, a inspeção, o planejamento de pulverização e o controle climatológico.

Além disso, a Agrochapada passou a fazer o Controle das Atividades de Recursos de forma automatizada, isto é, o sistema possui ferramentas para administrar as ordens de serviço de campo abertas de acordo com a demanda. 

Com base nesses dados, ele calcula a proporção do que deve ser investido nas ações mecanizadas e manuais, na aplicação de insumos, nos trabalhos de produção, plantio e no tratamento das sementes. 

A companhia também implementou o ERP, software de gestão da Totvs, tudo ocorre de forma integrada. A cada aplicação de insumos, por exemplo, o sistema dá baixa no estoque em tempo real.

A programação de colheita também é realizada pelo PIMS Multicultivos, que permite o lançamento automatizado das pesagens feitas na balança homologada pelo INMETRO para o sistema da Totvs. 

O sistema também possui recursos para a manutenção automotiva, com controle de manutenção, abastecimentos com indicação de desvio de consumo médio, lubrificação preventiva e corretiva e movimentação de pneus.

“Demos início a uma fase na Agrochapada baseada em controle e eficiência de gestão. Com o suporte tecnológico especializado, conseguimos definições certeiras sobre as atividades em campo e, com isso, aplicamos melhor os nossos recursos”, comenta Fernando Coutinho, coordenador de TI da Agrochapada.

A companhia ainda conta com o apoio de outros módulos do ERP da Totvs: compras, estoque de custos, gestão de contratos, SPED e NFe, financeiro, contabilidade gerencial, livros fiscais, ativo imobilizado, recursos humanos e ponto eletrônico.

A receita líquida da Totvs cresceu 1,6% no primeiro trimestre de 2017, para R$ 560 milhões.

O resultado é uma virada frente a quatro trimestres consecutivos de queda no faturamento (sempre na comparação com trimestre do ano anterior), que levaram a empresa a fechar o ano passado com uma receita líquida total de R$ 2,2 bilhões, redução de 3,5% sobre 2015.