Uma solução de produtividade e de colaboração em nuvem. Foto: flickr.com/photos/paul-vallejo.

A Microsoft anunciou hoje o início do programa global de doação do Office 365 para organizações sem fins lucrativos e entidades não governamentais (ONGs).

Conforme a empresa, o benefício está disponível no Brasil e em outros 40 países. A ideia é atingir 90 locais até julho de 2014. 
 
Com o Office 365, as instituições podem acessar informações de qualquer lugar, além de compartilhar e-mail, calendário, documentos e videoconferências. 
 
“Hoje, estamos doando para entidades sem fins lucrativos e ONGs a solução de produtividade e de colaboração em nuvem da Microsoft, permitindo que eles gastem menos tempo e recursos no ambiente de TI e se concentrem mais em suas missões, como a erradicação de doenças e a promoção de educação, alfabetização e sustentabilidade ambiental," destaca Jean-Philippe Courtois, presidente da Microsoft International.
 
A TechSoup Global, parceira no projeto, realizou um estudo que indica as vantagens para as ONGs da computação em nuvem: facilidade na administração de TI (79%), redução de custos (62%), melhor colaboração (61%) e segurança de dados (54%).
 
De acordo com a companhia, em 2013, US$795 milhões em dinheiro, software e serviços foram doados para 71 mil organizações sem fins lucrativos em cerca de 115 países.
 
No Brasil, desde 2003, foram US$ 87 milhões principalmente em software para mais de 1,6 mil ONGs.