Corinthians terá símbolo do Napster na camisa. Foto: divulgação.

O Napster, serviço de música online que fez sua fama no início dos anos 2000, anunciou um acordo com o Corinthians para oferecer conteúdos especiais para os torcedores do clube paulista.

Parte da investida do serviço musical - que deixou os downloads e agora funciona com streaming - no país, a plataforma personalizada do clube aposta em playlists e recomendações específicas para atrair o público do time alvinegro.

“São playlists exclusivas. Tem uma playlist para cada título brasileiro, cinco até o momento. Uma para cada um dos títulos mundiais, dois até o momento. Tem uma para o título invicto da Libertadores e de aquecimento para o próximo jogo do Brasileirão”, explicou Roger Machado, diretor de negócios e marketing do Napster.

O jogo referido é o duelo com o Joinville, na manhã deste domingo, 13, em Itaquera. Para divulgar a iniciativa, o Corinthians abrirá os portões do estádio às 9h30, com apresentação ao vivo do grupo Sambô. As mangas dos uniformes exibirão a marca do novo parceiro.

Disponível para iOS, Android e PCs, o serviço pode ser assinado em um hotsite dentro da página do Napster. O projeto tem a curadoria do artista Rappin' Hood, parceiro do clube em diversas iniciativas culturais.

Outro recurso citado pelo Napster é a interatividade entre jogadores e as músicas que serão tocadas no estádio do clube em dia de partida. Já há listas feitas por Cássio, Elias e Vagner Love.

Outro plano do serviço musical é que membros do programa de sócios-torcedores também sejam assinantes do Napster e tenham direito a definir a trilha para cada partida na Arena Corinthians.

Para o Napster, se alinhar com clubes como o Corinthians, que tem uma base estimada em 40 milhões de torcedores em todo o país, pode ser uma maneira de aumentar a competição local frente a outros apps de música como Deezer, Rdio e Spotify.

No Brasil, o Napster foi "revivido" no final de 2013, quando o Terra extinguiu o serviço Sonora e trouxe a marca estrangeira para o país, com um catálogo de 36 milhões de músicas.