Marcio Tierno.

A RSI, a maior empresa brasileira de teste e qualidade de software, passou por uma troca no seu comando.

José Roberto Murillo Zamora e Osmar Higashi, os sócios-fundadores que criaram a empresa nos anos 90, se afastam da operação diária e entram no conselho de administração.

Marcio Tierno, que ocupava o cargo de diretor comercial da RSI, passa a ser o novo CEO da empresa. A transição será realizada em seis meses.  

Tierno foi contratado como consultor na área de vendas e tornou-se diretor no ano passado.

O executivo tem experiência no segmento, tendo sido diretor comercial da Inmetrics e da Qualiti Software Processes, duas consultorias que atuam com qualidade de software.

No começo dos anos 2000, Tierno foi gerente das 10 maiores contas do segmento financeiro no Brasil da Rational, empresa de soluções de desenvolvimento de software adquirida pela IBM em 2002.

Em nota, a RSI aponta que teve um recorde histórico de faturamento desde a sua criação em julho e que conquistou  14 novos clientes em 2019, sem abrir valores ou nomes.

“Sabemos que só as empresas que conseguirem inovar, adaptando-se e preparando-se para os desafios, minimizando os riscos externos, continuarão relevantes para o seu mercado”, explica Marcio Tierno, novo CEO da RSI.

Fundada em 1993, a empresa possui mais de 850 funcionários e conta com escritórios nos estados de São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Paraná. Ao todo, a empresa já entregou 15 milhões de horas trabalhadas em projetos.