Virgilio Rocca, diretor regional Sul-Sudeste da Flexdoc. Foto: divulgação.

A Flexdoc, brasiliense especializada em soluções cognitivas para onboarding digital e processamento óptico de documentos, acaba de contratar Virgilio Rocca para comandar sua diretoria regional Sul-Sudeste, recém criada pela empresa.

Rocca vem da IBM, onde era diretor da área de processos cognitivos desde 2018, além de ser mentor do instituto Insper há quatro anos.

O executivo já ocupou cargos de diretoria na Pipehline Services, HPE, Simpress e Xerox do Brasil, além de ter sido cofundador e CEO da Mokation, uma plataforma de música.

Em seus mais de 28 anos de experiência, também passou pelas empresas Procomp, Wincor Nixdorf e Sisgraph.

Rocca é engenheiro eletrônico pela Mackenzie, onde também cursou pós graduação em administração e marketing. Além disso, possui MBA em gestão, estratégia e marketing pela Fundação Dom Cabral.

Na nova empresa, o profissional ficará à frente das operações nas regiões Sul e Sudeste a partir do novo escritório que a Flexdoc está inaugurando em São Paulo.

Para Rocca, sua entrada na companhia coincide com uma conjuntura em que a digitalização dos negócios sofreu uma alavancagem inédita e inesperada por conta da pandemia. 

“Se antes a preocupação com tópicos como onboarding digital estava circunscrita aos bancos, hoje interessa também às redes de varejo físico ou on-line, à cadeia de suprimento da indústria e até a áreas antes pouco cogitadas, como RH, hotelaria e saúde”, destaca Virgilio Rocca, diretor regional Sul-Sudeste da Flexdoc.

Há 15 anos mercado, a Flexdoc atua com as marcas ABBYY, IBM, A2iA e Samsung, e já auxiliou diversos bancos na digitalização de cheques e demais transações relacionadas ao ecossistema do Sistema de Pagamento Brasileiro (SPB).

Recentemente, foi responsável pelo projeto de onboarding na Caixa Econômica Federal e, no seu portfólio, também estão Banco do Nordeste, Banco de Brasília, Banpará, Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) e Universidade do Estado do Pará (UEPA).