A Telefônica Brasi é líder em telefonia móvel no Brasil com a marca Vivo. Foto: Divulgação.

A Telefônica Brasil teve alta de 34,5% em seu lucro líquido no terceiro trimestre de 2014, chegando a R$ 1 bilhão. A empresa foi beneficiada por menor depreciação, ganhos fiscais e avanço das receitas de dados.

"Mostramos crescimento sólido no segmento de pós-pago, que está crescendo 23% ano a ano, e crescimento do percentual de participação dos dados no total da receita (de serviços móveis), com 38%", disse o diretor-geral da operadora, Paulo Cesar Teixeira, em conferência com jornalistas, segundo a Reuters.

Entre julho e setembro, a receita operacional líquida da Telefônica Brasil subiu 1,2% sobre igual trimestre do ano passado, a R$ 8,72 bilhões. 

Já a receita operacional móvel avançou 3,5%, para R$ 5,94 bilhões.

O faturamento com serviços fixos caiu 3,2%, ficando em R$ 2,79 bilhões de reais.

A base de linhas celulares cresceu 4,2% no trimestre, para 79,823 milhões, com aumento de 22,8% na base de usuários pós-pagos e declínio de 3,4% nos clientes pré-pagos, menos rentáveis.

A Telefônica Brasi é líder em telefonia móvel no Brasil com a marca Vivo.