INVESTIR

Totvs tem fundo de R$ 300 milhões

11/11/2021 13:20

Fundo vai focar em participações minoritárias em startups de SaaS.

Dennis Herszkowicz, CEO da Totvs.

Tamanho da fonte: -A+A

A Totvs criou um fundo de investimento em startups com um capital de R$ 300 milhões a ser investido nos próximos quatro anos.

O alvo serão startups que atuem nas áreas de saúde, varejo, manufatura, serviços financeiros, agricultura e educação, nas quais a Totvs tem suas ofertas.

Serão priorizados negócios que atuem com desenvolvimento de SaaS (software como serviço) e ou com gestão e tráfego de dados.

Em nota, a Totvs não chegou a falar em quantas empresas deve investir, ou que valor médio de aporte a empresa projeta fazer, abrindo apenas que serão aquisições de participações minoritárias.

"Nos últimos anos temos ampliado muito nosso escopo de atuação. Isso aumentou a quantidade de empresas interessantes no nosso horizonte”, resume Dennis Herszkowicz, CEO da Totvs.

Herszkowicz está mencionando as três áreas na quais o negócio Totvs está estruturado hoje: Gestão, onde ficam os softwares e a maior parte da receita; Business Performance, com os softwares de automação de marketing e Techfin, que é o que o resto do mercado chamaria de fintech.

O fundo de investimento contará com “gestão discricionária” da Citrino, uma gestora de recursos. 

Fundada em 2013, a Citrino é uma gestora de capitais focada em investir o dinheiro de famílias milionárias, o que se chama no jargão de family offices.

A empresa é discreta, o que é mais ou menos a regra no segmento, e liderada por Guilherme Prado, um profissional com 10 anos na área de finanças na Cosan. 

Não é bem o perfil do fundo que investe em startups de tecnologia. 

Talvez por isso, a Totvs vai indicar integrantes de um comitê consultivo que auxiliará na avaliação dos investimentos e no crescimento das investidas.

“Será uma opção a mais de investimento estratégico e financeiro, num formato minoritário, diferente do modelo de M&A que já trabalhamos. A Citrino atuará como gestora independente e com o poder de decisão, entendemos que esse é o caminho ideal”, avalia Herszkowicz.

A Totvs fechou o terceiro trimestre com uma receita líquida de R$ 855 milhões, um crescimento de 26%, frente ao mesmo período do ano anterior, o que é um dos melhores resultados trimestrais da empresa em alguns anos.

Nos últimos três trimestres a Totvs trouxe trepidantes resultados de 21,7%, 20% e 19% (o leitor pode tentar ler isso em voz alta).

Com uma receita líquida de R$ 2,59 bilhões em 2020, uma alta de 13,8%, a Totvs teve no ano passado o seu melhor resultado em mais de uma década, ficando atrás só dos 15,6% obtidos em 2009.

Veja também

DE OLHO
Unico aposta em pesquisa com UFPR

Trabalho será focado no desenvolvimento da identificação por biometria periocular.

APORTE
StartSe recebe R$ 75 milhões

Rodada foi liderada pela gestora Pátria Investimentos.

MARKETPLACE
Já Vendeu recebe R$ 2,5 milhões

Startup que realiza precificação e entregas de produtos usados busca ser o “Quinto Andar para outras verticais".

RODAS
Gringo recebe aporte de R$ 50 milhões

Aplicativo focado em motoristas atraiu aporte liderado pelo fundo Kaszek.

ESTRATÉGIA
Stone compra 22% da Reclame Aqui

Empresa de maquininhas segue se mexendo no varejo depois da compra da Linx.

PROCESSOS
Pipefy levanta mais US$ 75 milhões

Startup brasileira já está de olho em um IPO nos Estados Unidos.