Wagner Tadeu.

A Symantec confirmou nesta terça-feira, 11, a saída do country manager Wagner Tadeu e disse que ainda não tem um substituto para o cargo.

Em nota enviada ao Baguete Diário, que antecipou a saída com exclusividade na sexta-feira, 06, a fabricante de antivirus disse que Tadeu fica até o dia  31 de janeiro de 2014 e que até lá deve ser anunciado um substituto.

Tadeu já havia sido líder da fabricante de antivírus no Brasil entre 2008 e 2011, quando foi promovido para a liderança da América Latina.

Ele substituiu em julho deste ano a Vicente Lima, executivo responsável pela abertura da operação da companhia por aqui que havia sido reconduzido ao comando em janeiro de 2012.

A saída de Tadeu é a prova que ainda não terminou o período de turbulência na Symantec, que promoveu uma série de trocas de profissionais nos últimos meses.

Fabiano Tricarico, vice-presidente da área de consumo da companhia, responsável pelas vendas do antivírus Norton, foi para a concorrente McAfee.

Douglas Wallace, diretor de vendas via canais na América Latina, também deixou de integrar a equipe da Symantec na região.

As mudanças chegaram até o Sul, onde Paulo Irgang, gerente de contas responsável pelos mercados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná saiu da empresa.

Irgang, hoje gerente de vendas de strategic Outsourcing na IBM, foi substituído por João Fossa, ex-gerente regional de vendas da Software AG para Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.