Alberto Aguilera, vice-presidente da Divisão de Serviços de TI da Sonda IT. Foto: Divulgação.

Com um investimento inicial de US$ 2,5 milhões e envolvimento de 4,5 mil colaboradores, a Sonda IT expandiu o portfólio de ofertas para o atendimento e suporte de tecnologia dos usuários finais das empresas, tais como o service desk, field service e asset management. 

O principal apelo da estratégia é padronizar e unificar os serviços referentes às ocorrências de TI, transformando o atendimento num modelo regional de suporte, que segue a demanda de globalização de entrega de serviços. 

A proposta é levar às empresas a possibilidade dos suportes serem adotados igualmente em qualquer país da América Latina, aproveitando as infraestruturas existentes nas operações da Sonda presentes na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Costa Rica, México, Peru, Uruguai e Panamá.

A meta é evoluir sob a atual estrutura de atendimento, em que cada país cuidava da sua demanda local, para um processo único. 

“A diminuição do contato em substituição ao autoatendimento reduz o custo do serviço no primeiro nível, possibilitando o desenvolvimento de suportes que interajam diretamente com o negócio do cliente”, explica Alberto Aguilera, vice-presidente da Divisão de Serviços de TI da Sonda IT.

Para Juan Aristizabal, gerente de soluções para o usuário da Sonda América Latina e um dos idealizadores do projeto, o modelo proporciona às empresas mais produtividade e o isenta de se preocupar com toda a estrutura necessária para a manutenção e o suporte dos ambientes sistêmicos. 

“Além dos ganhos na operação, a oferta também traz vantagens no ponto de vista econômico, pois os custos de suporte podem ser reduzidos entre 25% a 30%”, pontua o executivo.

Entre os mercados alvos para levar a iniciativa estão telecomunicações, finanças, varejo e saúde.

A Sonda entregou recentemente um projeto desse nível para o Grupo Solvay, que agora conta com um modelo global de atendimento unificado para o suporte à infraestrutura de serviços de informação, que compõem a área de Office Automation da indústria. 

Fundada no Chile em 1974, a Sonda atua no Brasil desde 1989. Com cinco mil colaboradores e mais de 1,2 mil clientes ativos distribuídos por 26 escritórios locais,, a organização opera através de quatro divisões de negócios: serviços de TI, SAP, plataformas e aplicativos.