WIlly Andrey Frohlich.

WIlly Andrey Fröhlich não é mais coordenador da divisão de Tecnologia da Informação do Ministério Público no Rio Grande do Sul.

O cargo está sendo assumido interinamente por Fábio William Rosa.

Fröhlich estava há 16 anos no MP-RS, sendo os últimos 10 à frente da TI, em um cargo equivalente ao de CIO.

Nesse período, o profissional liderou iniciativas como a implantação da plataforma de processo eletrônico do MP-RS e a implantação do software de data discovery Qlikview para orientar o processo de tomada de decisão das áreas fim e meio.

O projeto com Qlikview foi eleito como o melhor na categoria Tecnologia da Informação pelo Conselho Superior do Ministério Público em 2014.

“Entendo como o final de um ciclo no setor governamental, onde tive a oportunidade de me desenvolver profissionalmente, principalmente em gestão de projetos e equipes de TIC”, afirma Fröhlich. “Parto em busca de novos desafios onde possa aplicar meus conhecimentos de big data, analytics e infraestrutura em nuvem, buscando explorar tecnologias mais disruptivas”, agrega o profissional.