Eduardo Lyra, CEO da Gerando Falcões. Foto: divulgação.

A Gerando Falcões, ONG voltada para o empreendedorismo em periferias, está utilizando o Adobe Marketo Engage, uma das principais soluções para automação de marketing da empresa, que foi disponibilizada gratuitamente.

Segundo a organização, o propósito é utilizar cada vez mais a tecnologia para se aproximar dos doadores por meio da personalização de experiências digitais, sendo que um dos seus desafios atuais é transformar os doadores pontuais em recorrentes. 

Por meio da plataforma da Adobe, a ideia é desenvolver entregas personalizadas que interajam com o doador no tempo correto, com réguas de relacionamento bem estruturadas e marketing automatizado.

“Por conta da pandemia, mais do que nunca, as relações se tornaram digitais — não apenas o contato interpessoal, mas também entre pessoas e organizações. Com esse cenário desafiador em vista, procuramos trazer cada vez mais uma gestão inteligente e baseada em dados para sairmos do empírico e enxergarmos o que, de fato, faz a diferença”, afirma Eduardo Lyra, CEO da Gerando Falcões.

Segundo Lyra, a ONG tem acompanhado de perto o trabalho de grandes empresas de tecnologia para pôr em operação um elaborado sistema de gestão para resultados. 

“Trabalhamos para converter esses dados em ações que gerem impacto social real — para recrutar, reter e desenvolver nossos talentos, para geração de novos negócios sociais e para aumentar nossa arrecadação nas plataformas digitais”, explica o CEO.

Essa não é a primeira parceria entre Adobe e Gerando Falcões. Em 2019, por exemplo, a empresa levou até a ONG um curso gratuito de edição de vídeo, com aulas de Adobe Premiere e Adobe After Effects, que formou jovens entre 14 e 24 anos.

“Com as soluções Marketo, estamos empenhados em fazer com que essa entrega seja ainda mais especial, para que a ONG possa conquistar seus objetivos e seguir com o trabalho tão importante e profissional que realiza ao longo de anos”, destaca Federico Grosso, general manager da Adobe para América Latina. 

Nessa busca pela utilização crescente da tecnologia, a Gerando Falcões também mantém relação com outras organizações da área, como Microsoft, Oracle, Accenture e Néctar Consulting.

Criada em 2011, a Gerando Falcões apoia e acelera o trabalho de outras ONGs que atuam em periferias de todo o Brasil. Hoje, a rede tem 15 unidades entre próprias e aceleradas, que atendem a favelas espalhadas por 42 cidades de seis estados.