NORDESTE

ALE Combustíveis assina contratos com DocuSign

12/01/2021 16:05

Prazo para assinaturas era de 40 dias e, agora, elas chegam a ser efetuadas no mesmo dia.

Distribuidora possui uma rede de cerca de 1,5 mil postos em 21 estados e no Distrito Federal. Foto: Marcos Leão/divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A ALE Combustíveis, distribuidora com sede em Natal, adotou a solução da DocuSign, empresa líder mundial em assinaturas eletrônicas, para implantar a assinatura digital de contratos na companhia. 

A ideia surgiu em 2019, no projeto vencedor de uma campanha interna da empresa. Na ocasião, uma equipe da área jurídica sugeriu esse recurso, por conta da demora no processo de contratos.

No início de 2020, foi iniciada a obtenção de pareceres jurídicos sobre a validade dos contratos digitais, com o sistema começando a ser implantado em fevereiro. A implantação foi acelerada pela pandemia e, em março, todos os setores da empresa já utilizavam a tecnologia.

Desde abril, a companhia firmou 1.256 contratos digitalmente e apenas dois em meio físico. 

Segundo a ALE, a ferramenta, que eliminou a necessidade de reconhecimento de firma, diminuiu os custos para efetivação de contratos e gerou ganho em agilidade.

Anteriormente, o prazo para a assinatura era superior a 40 dias e, com a nova ferramenta, alguns contratos chegam a ser assinados no mesmo dia e validados, em média, em uma semana.

A solução também permite a antecipação do início do faturamento, já que a empresa começa a fornecer combustível e, consequentemente, faturar somente depois do contrato assinado.

Como grande parte dos postos para os quais a distribuidora fornece combustível fica no interior, os gerentes comerciais levavam os contratos pessoalmente ou os documentos eram enviados pelos Correios.

“Podemos afirmar que a pandemia de Covid-19 acelerou a digitalização no setor de combustíveis e os revendedores aceitaram muito bem a inovação”, afirma Maurício Pane, diretor administrativo financeiro da ALE Combustíveis.

De acordo com uma estimativa realizada pelo sistema DocuSign, a digitalização na ALE poupou 1.805 kg de madeira, 44.356 litros de água, 4.237 kg de emissões de carbono e 293 kg de lixo que seriam gerados com o descarte dos contratos impressos.

Fundada em 2003, a americana DocuSign atende a mais de 560 mil clientes e 200 milhões de usuários em 188 países. Em 2020, a companhia faturou US$ 974 milhões.

A ALE Combustíveis, que completa 25 anos de atividades em 2021, possui uma rede de cerca de 1,5 mil postos e 6,5 mil clientes ativos em 21 estados e no Distrito Federal. A empresa gera cerca de 12 mil empregos diretos e indiretos.

Veja também

EDUCAÇÃO
Multivix tem assinatura da DocuSign

Grupo implementou solução para firmar contratos de matrículas EaD.

ARQUITETURA
Mitre Realty renova infra com Hitachi Vantara

Construtora paulista está em alta após abrir capital na bolsa de valores.

BRASÍLIA
Serpro troca de presidente

Caio Andrade vai para secretaria, diretor jurídico assume presidência.

PARCERIA
Serpro vai vender nuvem da AWS

Estatal já está em conversas com 100 potenciais clientes na administração pública.

NUVEM
AWS é a primeira na nuvem do Serpro

Empresas fecharam um contrato de R$ 71,2 milhões por cinco anos. 

DOCUMENTO
São Paulo terá RG digital com Valid

Aplicativo oferece biometria facial e checa autenticidade com QR Code.

SEGURANÇA
NSA encontra falha grave no Windows 10

Microsoft reconheceu o problema e lançou atualização do sistema operacional.

AUTOMOTIVO
Transrio adota CRM da Syonet

Concessionária centralizou a gestão de vendas de suas 14 lojas.

GOVERNO
Serpro prepara terceirização

Estatal quer subcontratar o “trabalho braçal” em uma série de tecnologias.