Andréa Thomé, nova head de cibersegurança da Everis Brasil. Foto: divulgação.

A Everis Brasil, consultoria de negócios e TI do Grupo NTT Data, anunciou a contratação de Andréa Thomé como head de cibersegurança da companhia. 

Thomé vem da Primordial Consultoria e Sistemas, onde era sócia diretora para soluções de GRC há seis anos. Anteriormente, dirigiu a mesma área na startup Baker Tilly Brasil e na multinacional EY.

Com mais de 26 anos de carreira, a executiva também passou pelas empresas PwC, ISS/IBM e Phillips.

Atualmente, também atua como professora convidada da FIA Online, além de ser a líder no Brasil da organização LATAM Women in Cybersecurity (WOMCY) e diretora voluntária da regional São Paulo na Associação Brasileira de Mentores (ABMEN).

A profissional ainda possui um longo histórico como professora em instituições universitárias como Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), IBTA, USCS, FESP, BI International, FUCAPE, IPOG e FTI.

“Procuramos no mercado uma profissional que é referência em governança, riscos e compliance, assim como em consultoria de TI, para desenvolver nossa área no país e, junto com nossas capacidades digitais, auxiliar na confiabilidade das iniciativas de nossos clientes e dos nossos projetos”, explica Pablo Saez, sócio responsável pela área de digital technology da Everis Brasil.

Na nova empresa, a missão de Thomé será estruturar a equipe de cibersegurança para atuar nos projetos nacionais, além de promover inovação e aperfeiçoamento da gestão de segurança e governança, riscos e compliance.

“É com grande satisfação que assumo o desafio de posicionar a Everis como uma grande provedora de soluções de cybersecurity para o mercado brasileiro, além de ser muito gratificante poder auxiliar a companhia na promoção da diversidade, do empoderamento feminino e de outras minorias", enfatiza Andréa Thomé, nova head de cibersegurança da Everis Brasil.

A NTT Data, empresa de serviços de TI do grupo japonês NTT, comprou a espanhola Everis por US$ 761,2 milhões em 2013.

Parte da justificativa do negócio era ampliar a presença da NTT em regiões nas quais a companhia tinha pouca presença, como a América Latina. 

A Everis faturou € 1,4 bilhão no ano fiscal finalizado em março de 2019, uma alta de 22% frente ao período anterior. O Brasil é hoje a segunda maior operação da empresa que, no total, conta com mais de 27 mil profissionais em 17 países.