Mobilidade decola nos aeroportos. Foto: flickr.com/photos/oisa

Tamanho da fonte: -A+A

Até 2015, 90% das companhias áreas terão check in móvel, contra 45% de hoje em dia.

A precisão é da Sita, multinacional de soluções de TI para o setor e faz parte do relatório Flying into the Future.

De acordo com a empresa, os passageiros irão usar o cartão de embarque 2D ou outras tecnologias, como a Near Field Communications (NFC) em seus celulares.

O Touch & GO Android da Japan Airline é um exemplo de aplicativo que permitirá aos passageiros passar pelos portões de embarque utilizando a NFC em seus telefones.

O aeroporto de Toulouse-Blagnac, no Sul da França, já está testando um serviço. O local tem uma movimentação anual de 7 milhões de passageiros, comparável ao Salgado Filho, em Porto Alegre.

Outra previsão relacionada com mobilidade é que nove em cada dez companhias aéreas e aeroportos fornecerão atualizações de voo através de aplicativos de smartphones.

Já no campo de uso de software pelas empresas, a expectativa é que mais de 80% dos aeroportos e companhias aéreas vão investir em Business Intelligence, visando aumentar o atendimento personalizado ao cliente.

“Nossa análise aponta as quatro principais tendências de TI que irão moldar a experiência do passageiro durante toda a viagem, desde a maneiras como são feitas as reservas de voos até a forma de interação com as companhias aéreas e aeroportos durante a viagem dos passageiros, assim como para todos os tipos de serviços”, conclui Nigel Pickford, diretor de Mercado da Sita.
 
A Sita é uma das maiores empresas do mundo atende 550 empresas de aviação e teve receita consolidada de mais de US$ 1,51 bilhão em 2011.