As vendas aumentaram e o ticket médio diminuiu. Foto: flickr.com/photos/fosforix.

O comércio virtual faturou 28% a mais em 2013 ao somar R$ 28,8 bilhões conforme pesquisa da e-Bit, divulgada nessa quarta-feira, 12. Em 2012, esse crescimento foi de 20%. 

Da mesma maneira, o volume de pedidos também aumentou, foi cerca de 32% superior ao ano anterior. 

Por outro lado, o ticket médio baixou 4,4%, atingindo R$ 327. Afinal, segundo a consultoria, produtos mais baratos como roupas, acessórios, itens de decoração e remédios passaram a atingir maior público na internet.

Os preços dos produtos em e-commerce reduziram, em média, 3,8% em 2013.

A categoria de moda e acessórios foi a que mais vendeu, representando 25% das compras do ano. Após, foram eletrônicos e telefones. 

O e-commerce brasileiro fechou 2013 com 53 milhões e-consumidores e 37 mil lojas virtuais de acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). A expectativa é alcançar 45 mil lojas em 2014.

A Associação acredita que o setor deve faturar R$ 39,5 bilhões neste ano.