XP Investimentos amplia contrato com Alog. Foto: divulgação.

A XP Investimentos, corretora nacional no setor de varejo com cerca de 80 mil clientes, anunciou que está levando toda a sua infraestrutura de TI para os data centers da Alog.

O contrato expande o acordo que a corretora já tinha com a operadora de data centers, que já hospedava parte da operação da XPI em seus servidores. Agora, a estrutura que ainda estava "in house" na consultoria também será absorvida.

Segundo a XPI, a expansão tem o objetivo de assegurar a meta de dobrar a capacidade de atendimento em 2014 – com o mesmo padrão de qualidade já reconhecido no setor de finanças.

Conforme Marcio Castro, diretor de TI da XP Investimentos, com a nova aplicação, que expande a hospedagem do data center de São Paulo para os centros da Alog em Tamboré e no Rio de Janeiro, a empresa terá maior escalabilidade.

"Além disso, a postura de neutralidade permite múltiplas conexões com diferentes links de operadoras, característica que é crucial para a alta disponibilidade dos serviços”, acrescenta.

A XP Investimentos abre cerca de 3 mil contas por mês, o equivalente a R$ 20 bilhões negociados, e mais de 500 mil já assistiram aos cursos e palestras das empresa.

Em 2014, a empresa deverá investir, também, em soluções de mobilidade e manter a infraestrutura in house, em um prédio comercial, pressupõe uma série de limitações relacionadas à entrega de energia, abordagem de operadoras e, até mesmo, às restrições físicas do local.

"O volume de troca de dados da XP Investimentos exige uma infraestrutura robusta, capaz de absorver picos sazonais e, por isso, a empresa optou por expandir sua parceria com a Alog, com suporte 24x7", explica Eduardo Carvalho, presidente da Alog.

Criada em 2001, em Porto Alegre, a XP Investimentos tem um market share de 26% no ranking da BM&FBovespa. O grupo conta ainda com a XP Corretora de Seguros e com a XP Gestão de Recursos, empresa de administração de recursos criada em 2005.

Inclui também o braço educacional XP Educação, a XP Interfloat, de serviços para traders, a TecFinance, de tecnologia da informação, e a XP Mercado de Capitais, com serviços a clientes institucionais.