A Centauro tem mais de 211 lojas, além do e-commerce. Foto: divulgação.

A Centauro, varejista de artigos esportivos do Grupo SBF, adotou a solução da Mojix, americana especializada em soluções de inteligência em nível de item para os mercados de manufatura, cadeia de suprimentos e varejo.

O negócio foi fechado pela própria Mojix, mas sua principal parceira no Brasil é a NTT.

Com o objetivo inicial de melhorar a confiabilidade e a visibilidade de seu inventário e aprimorar sua estratégia omnichannel, a Centauro implantou a ferramenta SaaS Mojix ytem, que faz o gerenciamento de cadeia de suprimentos com base na tecnologia RFID.

“Não nos vemos mais como dois canais: físico e digital. Omnichannel já faz parte da cultura Centauro. Somos uma empresa única e queremos que os clientes vejam isso. A solução Mojix tem sido um facilitador chave para a nossa execução omnichannel”, afirma Sérgio Silva Jardim Filho, gerente executivo de crescimento do Grupo SBF.

A solução apresenta recursos como a contagem de ciclo móvel, recebimento, pesquisa e escolha.

Assim, a companhia passou a ter visibilidade dos itens em tempo real em todo o ciclo de vida do produto, alcançando 99,9% de precisão de estoque. Em média, a varejista gerencia o ciclo de vida de mais de 40 milhões de itens por ano.

Além disso, a Centauro está utilizando o Mojix Retail Analytics como parte da solução geral.

“Estamos muito honrados em fazer parte das iniciativas operacionais de longo prazo da Centauro. A Mojix tem o compromisso de ajudá-los a resolver todos os desafios da cadeia de suprimentos com nossa experiência única, pessoas talentosas e produtos e soluções inovadores”, garante Dan Doles, presidente e CEO da Mojix.

Segundo a Mojix, suas soluções são projetadas em torno da ideia de que qualquer produto em uma cadeia de suprimentos pode ser serializado com uma identidade digital exclusiva, permitindo a visibilidade total do ciclo de vida do produto.

Com o track-and-trace desde a origem e fabricação até os centros de distribuição, lojas e, às vezes, até mesmo após a venda, os varejistas sabem onde seus itens estão, de onde vêm, por qual processo de negócios eles passaram e para onde devem ir em seguida. 

Cada vez que o status de um item muda, a Mojix coleta os dados do evento e os transmite para a plataforma ytem, processando-os ao longo de um modelo de dados de ciclo de vida exclusivo, permitindo que os usuários saibam, em tempo real, o status e o histórico de qualquer item.

Segundo Yanine Arellano, diretora de vendas da Mojix para a América Latina, o Brasil é o principal mercado da companhia na região. A empresa tem outros grandes projetos em andamento no país, onde avalia a possibilidade de abrir um escritório.

Fundada em 2004, a Mojix tem sede em Los Angeles, nos Estados Unidos, e conta atualmente com escritórios também na América Latina e na Europa.

Já a Centauro foi criada em 1981 e tem sede em São Paulo. A empresa conta com 8 mil funcionários, presença regional com mais de 211 lojas de varejo, e-commerce e múltiplos centros de distribuição.