Raïssa Lumack.

Raïssa Lumack, uma executiva experiente, com passagens pela diretoria de RH de empresas como Coca Cola, Embratel e Xerox, é a nova sócia da Neoxs, uma plataforma de treinamento de vendas B2B lançada no ano passado.

No primeiro ano de atuação, a empresa já acumula mais de 250 horas de aulas, 4 mil profissionais ativos em sua plataforma e mais de 100 empresas.

Lumack chega para liderar uma nova divisão, focada em gestores de pessoas.

Segundo estudo realizado pelo ISA – The Association Of Learning Providers, 40% dos novos gestores fracassam nos 18 primeiros meses após terem sido promovidos a seu primeiro cargo de gestão. 

“Percebemos que existe uma grande demanda para formação de gestores, que chegam às posições de gestão das empresas trazendo experiências em funções de execução específicas, mas que não tem acesso a capacitação adequada para desenvolver e liderar seus times”, afirma Lumack.

A executiva encontra diversos conhecidos na nova posição. O CEO da Neoxs, Maurício Vergani, foi colega de Lumack na Xerox, onde foi diretor executivo por 30 anos, e na Embratel, onde foi vice presidente. O profissional passou ainda cinco anos pela Oi, ocupando cargos de VP entre 2011 e 2016.

Outro dos fundadores, Paulo César Correia, trabalhou com ambos na Embratel, onde foi diretor financeiro entre 2006 e 2009, e com Vergani na Oi, onde foi controller da unidade B2B.

Fausto Mello Neto, outro dos fundadores, também foi diretor na Xerox, Embratel e Oi. O quarto sócio, Fabio Tadashi Suzaki, não chegou a trabalhar junto com os demais, mas foi gestor sênior de recursos humanos na Telefônica do Brasil.

“Os processos tradicionais de treinamento geralmente exigem que as organizações parem suas vendas para reunir todo o time comercial em um só lugar durante dois ou mais dias”, diz Vergani. “Nossa solução resolve esses desafios ao propor uma opção de ensino continuado, com aulas quinzenais, ao vivo e interativas, utilizando materiais sempre atualizados e desenvolvidos considerando as melhores práticas dos mercados e validadas através de pesquisas”, agrega.