TELECOM

Intelbras compra 75% da Khomp por R$ 89 milhões

12/04/2021 12:24

Companhia começa a gastar o dinheiro do IPO com a maior compra da sua história.

Intelbras está de olho nas possibilidades do mercado. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Intelbras acaba de anunciar a compra de 75% da Khomp, fabricante de equipamentos para comunicação, redes e controle de acesso sediada em Florianópolis por R$ 89,1 milhões.

As operações de ambas as empresas continuarão independentes. O acordo prevê ainda uma opção de compra dos 25% restantes em um prazo de quatro anos, atrelados ao alcance de determinadas condições.

A Khomp tem 231 colaboradores, 25 anos de mercado e, assim como a Intelbras, é referência no desenvolvimento tecnológico de produtos e serviços nas áreas de telecom. 

A empresa tem 40% da receita oriunda de fontes recorrentes e uma linha de produtos mais orientada para o B2B, com foco em contact center, operadoras/ISP, órgãos públicos e iniciativa privada. 

A Intelbras também atende esses públicos, mas é uma empresa mais conhecida pela sua operação B2C em câmeras e equipamentos de segurança eletrônica e comunicação.

“Realizar uma aquisição tão importante e estratégica apenas dois meses após a nossa estreia na B3 demonstra o comprometimento com nossos acionistas, parceiros, colaboradores e consumidores”, comenta Altair Silvestri, CEO da Intelbras.

A Intelbras captou em fevereiro R$ 1,3 bilhão em uma boa estreia na Bolsa de Valores. Desde então, as ações subiram 36,4% e empresa vale hoje quase R$ 7 bilhões.

A companhia tem planos de colocar R$ 460 milhões nos próximos 18 meses para “otimizar sua expansão orgânica e inorgânica”. Desse valor, R$ 170 milhões serão utilizados na ampliação da capacidade produtiva. 

Os R$ 290 milhões restantes devem ser orientados à aquisições e uma ofensiva de marketing.

Recentemnete, a Intelbras comprou os naming rights da Copa do Brasil para os próximos dois anos.

Com a novidade, um dos torneios de futebol mais populares do país vai se chamar Copa Intelbras do Brasil em 2021 e 2022. A ação é parte das comemorações dos 45 anos da empresa.

Fundada em 1976, a Intelbras registrou receita operacional líquida de R$ 1,4 bilhão no acumulado de 2020 até 30 de setembro, alta de 20,2% ante o resultado do mesmo período de 2019.

A empresa possui quatro unidades no país: duas em São José, cidade da região metropolitana de Florianópolis onde está localizada a sede, uma em Manaus e outra em Santa Rita do Sapucaí, no pólo eletroeletrônico de Minas Gerais. 

A quinta unidade está em fase de construção na cidade de Tubarão, em Santa Catarina.

A empresa tem 4 mil funcionários e 1,3 mil produtos no portfólio, que incluem soluções de alta tecnologia e inteligência artificial, permitindo diversas aplicações em empresas, condomínios, residências e cidades. São produzidos cerca de 1,7 milhão de equipamentos eletrônicos por mês.

Veja também

ESTUDOS
Nokia e WEG lançam projeto voltado à indústria 4.0

Empresas vão testar simultaneamente uma rede 5G e uma convencional em fábrica catarinense.

ENGENHARIA
Librelato adota PLM da Siemens

Empresa é uma das maiores fabricantes de implementos rodoviários do Brasil.

BOMBOU
Intelbras estreia bem na bolsa

Empresa catarinense capta R$ 1,3 bilhão, ações sobem quase 20% no primeiro dia.

COVID-19
Catuaí Shopping controla acesso com Intelbras

Proposta é evitar aglomerações ao agilizar a entrada dos clientes no empreendimento.

MARKETING
Intelbras compra naming rights da Copa do Brasil

Competição vai se chamar Copa Intelbras do Brasil em 2021 e 2022.

TELAS
Gazin compra 3 mil smartphones Nokia

Varejista decidiu trocar tablets usados pelos vendedores por celulares com tela grande.

MODA
Highstil adota Cisco Meraki com Econocom

Com o firewall, a indústria têxtil centralizou o gerenciamento de segurança da sede e fábricas.

MÉTODOS
Positivo: agilidade também no mundo do hardware

Companhia está implantando a metodologia em diversas áreas desde janeiro de 2020.

ENERGIA
Intelbras: usina fotovoltaica no teto da fábrica

Os 8.238 m² de cobertura de filtros e painéis solares devem gerar 1739 MWh neste ano.