100 Marcas do Rio Grande será lançado no dia 14 de maio.

O Instituto Amanhã,­ braço de educação executiva do Grupo Amanhã – lançará na quarta-feira, 14, o livro “100 Marcas do Rio Grande: a história e os valores das marcas consagradas como ícones da identidade e da cultura empresarial gaúcha”. Entre as empresas destacadas estão Ilegra e Processor.  

A porto-alegrense Ilegra, especializada em soluções de TI, fechou 2012 com faturamento de R$ 15 milhões, aumento de 20% em relação ao ano anterior e acima do crescimento projetado pelo Gartner para a área de TI no Brasil - de 10% a 13%. A previsão para 2013 era alcançar R$ 16,5 milhões em receita.

A Processor desenvolve, vende e implanta serviços e soluções de TI. Além da matriz em Porto Alegre, a empresa tem unidades no Brasil em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Florianópolis e Belo Horizonte, além de operações no Chile, Colômbia e escritórios comerciais na Argentina e Estados Unidos.

Além delas, a rede de lojas Compujob também está relacionada na publicação. 

Segundo o Instituto Amanhã, o livro apresenta as 100 marcas que se mantém no coração dos gaúchos ao longo dos anos, colocando lado a lado as empresas que construíram um relacionamento duradouro com o consumidor. 

Ao longo das mais de 400 páginas, são apresentadas a trajetória e o valor das marcas gaúchas, identificando o perfil da empresa, seu histórico, o lugar que ocupa como referência em sua região de origem, e a evolução da sua identidade visual. 

Também são apresentadas as estratégias utilizadas pela empresa para torná-la uma lembrança recorrente entre seus consumidores.

Por meio de uma parceria com a ESPM-Sul – que assina a orientação técnica da obra, apresentação metodológica, roteiro de produção dos cases – a publicação traz referenciais teóricos que vão fundamentar a história das marcas com os mais atuais conceitos de branding e valor de marca em voga na academia.

100 Marcas do Rio Grande será distribuído para os setores público e privado, principais lideranças empresariais da Região Sul, além de formadores de opinião e bibliotecas das principais escolas de negócios, administração e marketing do Brasil. A tiragem é de 25 mil exemplares.

Presentes na obra também estão empresas como Gerdau, Grupo RBS, Lojas Colombo, Marcopolo e Tramontina.