Dabi Atlante é uma das maiores do país em equipamentos para dentistas. Foto: Pixabay.

A Dabi Atlante, fabricante paulista de equipamentos odontológicos, vai implementar os softwares de gestão de relacionamento com clientes (CRM, na sigla em inglês) da SAP, com consultoria da KPIT.

De acordo com as empresas, o projeto é o primeiro da SAP na América Latina para o segmento de Life Sciences, um setor que inclui desde farmacéuticos, até biotecnologia, passando por processamento de alimentos.

“O projeto é um marco para a KPIT Brasil na solução SAP no segmento de Life Sciences e representa a especialização na ferramenta SAP CRM”, afirma Márcia Sato, diretora de vendas e operações da multinacional indiana para América Latina.

Sediada em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, a Dabi Atlante começou a investir em tecnologia SAP no final de 2015, quando contratou a também indiana Infosys para implementar o sistema de gestão S/4 Hana.

Uma das maiores vendedoras de equipamentos odontológicos no país, com seus produtos presentes em cerca de de 80% das universidades brasileiras de odontologia, a Dabi Atlante fechou naquele ano uma fusão com a Gnatus, outra fabricante nacional do segmento, com a expectativa de gerar uma receita conjunta de mais R$ 300 milhões.

A KPIT chegou no Brasil em 2012 com a compra da Systime. Hoje, a empresa tem cerca de 120 profissionais, com a meta de chegar a 500 em três anos.

O plano da companhia é alcançar US$ 1 bilhão de receita anual até 2017. 

Atualmente, o faturamento é da ordem de US$ 400 milhões, dos quais o Brasil tem a missão de responder por 10% (hoje fica na faixa de 2,5%).