Clientes do banco Neon com cartão Visa podem autenticar compras online por meio de selfies. Foto: Divulgação.

A Visa e o Banco Neon lançaram uma nova tecnologia que permite que clientes do banco Neon portadores de cartões Visa autentiquem suas compras online por meio de selfie – além das opções de utilização da digital e da tradicional senha numérica. 

A autenticação de transações é normalmente requisitada pelos estabelecimentos comerciais aos emissores de meios de pagamentos eletrônicos que buscam se certificar de que aquele portador do cartão é realmente o seu titular. 

No mundo físico, esse recurso é a senha para o cartão com chip. No mundo online, a solução oferecida pela Visa ao Banco Neon permite que a autenticação da transação seja realizada pela própria selfie já cadastrada no aplicativo do banco.  

Durante o processo de abertura da conta, após o usuário enviar foto do RG ou da CNH, ele também cadastra uma senha numérica, sua digital e faz uma selfie para reconhecimento facial. O sistema de segurança e autenticação do banco confere se a selfie corresponde à foto do documento enviada. 

A imagem fica armazenada no banco de dados do Banco Neon de forma segura e criptografada. O estabelecimento comercial nunca recebe a foto de quem está comprando.

“Sofisticação e excelência se alinham à simplicidade. Aqui, por meio da tecnologia, buscamos sempre entregar soluções eficientes sem deixar de ser simples para o cliente. Baseado nesse princípio, em parceria com a Visa, ajudamos a criar uma forma de gerar ainda mais segurança para compras online”, comenta Pedro Conrade, CEO do Neon.

O processo de uso de selfie, assegurado pelo protocolo 3D Secure criado pela Visa, só acontece quando o estabelecimento comercial indica ser necessário pedir a comprovação da identidade do portador para completar a transação.

O Banco Neon, instituição 100% digital, é uma evolução da Contro.ly, fintech fundada por Conrade em 2014, que consistia em uma empresa de cartões pré-pagos com validação internacional.

A mudança de proposta foi feita em junho do ano passado. Sem anuidade e taxas de manutenção, de abertura de conta e de emissão do cartão gratuitas, o faturamento do Banco Neon vem das porcentagens cobradas dos lojistas durante as compras e de parcelas de tarifas como TED, pagamentos, saques e da taxa de câmbio em compras internacionais.

Na conta Neon, o cliente pode fazer pagamentos, transferências, receber dinheiro via boleto e usar o cartão de débito. Após o cadastro aprovado pelo banco, a conta é ativada a partir de um depósito de pelo menos R$ 100.