Fabrício Scheunemann, coordenador de TI do Hospital Bruno Born. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Hospital Bruno Born, localizado na cidade gaúcha de Lajeado, adotou a solução SonicWall NSA 3650 em alta disponibilidade (HA, na sigla em inglês) com implantação da Max Protection, integradora do mesmo município especializada em soluções de segurança e monitoramento.

No projeto recém concluído, o hospital implementou recursos para proteger o data center da instituição de ataques cibernéticos. Entre eles, estão firewall e segurança de borda, incluindo antivírus de gateway, sistema de prevenção e detecção de intrusão e anti-spyware.

Também foi implantada uma rede privada virtual com duplo fator de autenticação (VPN), filtro de conteúdo para sites e aplicações, alta disponibilidade, além de balanceamento e redundância de WAN, utilizando múltiplos links de Internet.

A instituição ainda implementou o SonicWall Capture ATP, recurso adicional de proteção para impedir ataques desconhecidos e zero-day, como ransomware no gateway com remediação automatizada. 

De acordo com a empresa, esse sandbox multi-motor baseado em nuvem analisa códigos suspeitos para ajudar a descobrir e bloquear malwares recém-desenvolvidos e impedir que eles entrem na rede da instituição.

Tudo foi integrado a uma plataforma de monitoramento, armazenamento de logs e Gerenciamento e Correlação de Eventos de Segurança (SIEM, na sigla em inglês) para gerenciar gargalos, acessos e incidentes de segurança.

Fundado em 1931, o Hospital Bruno Born é uma instituição filantrópica com 24 leitos de maternidade, além de centro cirúrgico ambulatorial, centro de neuropsiquiatria, centro de reprodução humana e UTI adulto, neonatal e pediátrica. 

Criada em 1991, a americana SonicWall protege mais de 1 milhão de redes em mais de 215 países, contando com mais de 10 mil parceiros de canais. 

Na região da América Latina e Caribe, são mais de 350 mil dispositivos de segurança implementados em milhares de empresas usuárias.

Com mais de 15 anos de atuação, a Max Protection já atendeu mais de 300 cases com soluções de firewall gerenciado, monitoramento, soluções de conectividade sem fio, proteção endpoint de próxima geração, segurança em nuvem e segurança e auditoria de e-mails.