Marlon Hemkemaier, Juarez Beltrão e Cristiano Chaussard. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Flexy Negócios Digitais, fundada em fevereiro deste ano por três executivos do mercado publicitário e de adminsitração de Santa Catarina, lança uma plataforma de comércio eletrônico B2B oferecida a partir da nuvem da Amazon.

O diretor de Tecnologia da Flexy, Cristiano Chaussard, explica que a meta da plataforma é ir “além do consumidor final”, com recursos que permitem ao empresário se comunicar também com fornecedores e representantes comerciais.

“Desenvolvemos uma plataforma de e-commerce capaz de atender à cadeia comercial completa. O resultado é mais precisão nas operações, menores custos e otimização de todo o processo, aumentando o faturamento de todos”, explica o executivo catarinense.

Batizada de Cadeia de Vendas Flexy, a solução está disponível em cinco versões para permitir a adoção de um módulo ou integração de todas as partes do processo B2B.

Além do Brasil, onde só a apresentação do produto em uma feira rendeu mais de 40 prospects, conforme Chaussard, a plataforma também é ofertada a outros países da América Latina, por meio de um representante comercial da Flexy em Santiago, no Chile, e contatos na Argentina.

“Por lá, são apresentadas outras funcionalidades da ferramenta, também voltadas para o B2C e em diferentes canais, como smartphones, Facebook e até totens em lojas e ruas”, comenta o diretor.

Marcas como a Dropdead, de roupas e acessórios para skatistas, Laci Baruffi, que produz bolsas femininas, e a fabricante de produtos científicos Biomarchesini já são clientes da solução.

A ferramenta traz, ainda, funcionalidades para exibição de catálogos de produtos em tablets, o que facilita a realização de pedidos de representantes comerciais, e a possibilidade de que lojistas vendam ao consumidor final via web por meio do sistema do fornecedor.

Por hora, marcas como a Dropdead, de roupas e acessórios para skatistas, Laci Baruffi, que produz bolsas femininas, e a fabricante de produtos científicos Biomarchesini já se tornaram clientes da solução.

Chaussard destaca que o lançamento é uma aposta da empresa de Florianópolis em um mercado que, conforme dados da e-Consulting, movimenta mais de R$ 1 trilhão por ano.

Já um levantamento do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) indica que por volta de 60% das empresas brasileiras possuem o hábito de comprar pela internet diretamente de fornecedores e parceiros.

A oferta da Flexy permite integração - serviço executado pela companhia catarinense - com ERPs e sistemas de logística diversos.

Além de Chaussard, que fez carreira em empresas como oStore, WeJoy e Inove!deia, a Flexy tem como fundadores Marlon Hemkemaier e Juarez Beltrão.

Hemkemaier atuou ao lado do colega na Inove!deia, onde foi gerente de Produto.

Já Beltrão é o atual presidente da ADVB-SC, entidade na qual Chaussard também já atuou, como diretor de Expansão e Associados e diretor de Marketing.

Quando fundada, no começo do ano, a nova empresa já nasceu com 25 clientes, incluindo Zeus do Brasil, Sesi Farmácias e The Nanodots Brasil, fruto da bagagem trazida pelos três sócios, e meta de colocar no ar outros 15 projetos.

Para reforçar o plano, a empresa se credenciou no BNDES, o que lhe permitiu oferecer aos clientes nacionais projetos financiados em até 48 vezes.