Carlos Wizard Martins. Foto: Murilovisck/Wikimedia.

Oito meses após vender o Grupo Multi, dono das marcas Wizard, Yázigi e outras, para a Pearson Education por R$ 1,7 bilhão, o empresário Carlos Wizard Martins adquiriu 100% da Mundo Verde. A rede de lojas de produtos naturais, orgânicos e de bem-estar tem 300 unidades franqueadas em operação no Brasil e duas em Portugal.

A transação, que está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica, não teve seu valor revelado.

Criada em Petrópolis, no Rio de Janeiro, em 1987 pelos irmãos Jorge Antunes e Isabel Antunes Joffe, a Mundo Verde foi adquirida pelo fundo de private equity Axxon Group em 2009, quando tinha 126 unidades franqueadas operando. 

Com faturamento de R$ 320 milhões em 2013, a Mundo Verde conta com 46 produtos de marca própria e de 3 mil a 6 mil itens de mais de mil fornecedores.

“Após a venda da Wizard, minha ideia inicial era ficar ao menos um ano em período sabático, mas revi está posição e decidi investir em um novo negócio já neste ano pela identificação que tenho com o conceito do Mundo Verde, que prega um estilo de vida saudável, natural e equilibrado”, afirma Martins. 

Além da identificação com a proposta da marca, Martins destaca entre as razões para o investimento o modelo de franquias da rede e o potencial de crescimento deste mercado.

“Ao longo dos mais de 25 anos no setor de ensino de idiomas e profissionalizante, vi o modelo de franquias crescer e se consolidar como uma alternativa extremamente vantajosa tanto para franqueados quanto para franqueadores”, completa.

Com a aquisição, o empresário assumirá a presidência do conselho da empresa, cabendo ao seu filho, Charles Martins o cargo de CEO do Mundo Verde. 

A rede Mundo Verde deve terminar o ano de 2014 com 335 unidades e receita acima de R$ 400 milhões. A meta para 2018 é chegar a cerca de 650 lojas, com receita de R$ 1 bilhão.