O Banco IBM, braço de leasing e financiamentos da IBM Brasil, encerrou o primeiro semestre de 2012 com lucro líquido de R$ 24,1 milhões, alta de 153% em relação ao mesmo período do ano passado.

A receita líquida somou R$ 528,890 milhões, aumento anual de 5%.

As operações de crédito cresceram cerca de 96% e o total de ativos da empresa alcançou 37% no semestre.

Conforme divulgado pelo banco, o resultado se deve à diversificação do portfólio, que passou a oferecer diferentes modalidades de financiamento para suportar aquisições de tecnologia de seus clientes.

Um exemplo disso é o financiamento de serviços criado para facilitar a aquisição de soluções e projetos IBM.

“Hoje conseguimos atender pequenas e médias empresas com ofertas simples de financiamento a partir de R$ 11.500 e grandes corporações com financiamentos e empréstimos personalizados”, afirma o presidente do Banco IBM, Antônio Rascão.

Nos próximos meses, o executivo informa que o banco irá expandir a atuação para cinco novas praças, seguindo um movimento que só este mês já levou a instituição a abrir unidades em Porto Alegre, Curitiba, Campinas, Salvador e Rio de Janeiro.

Há 20 anos no Brasil, o Banco IBM integra o IBM Global Financing, financiadora da fabricante norte-americana de equipamentos e que, segundo dados próprios, é a maior instituição de financiamento da área de TI do mundo.

O IGF possui US$ 36 bilhões em ativos e atende a 125 mil clientes de 55 países. No Brasil, os ativos somam cerca de R$ 3 bilhões.