Executivo de saída da VMWare. Foto: divulgação.

Marcelo Silva não responde mais pela diretoria de vendas e serviços da VMware Brasil e Sola (sul da América Latina). A informação é de fontes de mercado e foi publicada pelo executivo em seu perfil do Linkedin.

Silva estava na empresa desde abril de 2012 e era responsável por processos comerciais e consultoria de entrega, o que incluía serviços para canais, definição e implementação de políticas regionais e verticais para os parceiros.

Perguntada pela redação do Baguete, até o fechamento desta matéria a VMWare não deu mais informações sobre a saída do executivo ou sobre como fica o cargo na companhia.

De acordo com seu perfil no LinkedIn, teria sido responsável por alguns marcos na operação da companhia, como vender e implementar mais de US$ 20 milhões em receita de novos negócios, crescer o negócio mais de cinco vezes em 12 meses, ampliar o time  de cinco para 30 profissionais em dois anos, e tornar a divisão de serviços da empresa na linha de negócios de maior crescimento na região.

A VMware viveu um ótimo momento no mercado nacional em um passado recente. A operação local foi considerada uma das mais interessantes, em termos de negócio, no último ano.

Globalmente, a provedora trabalha aproveitar ondas das indústria o que implica em  ampliar sua abrangência migrando de uma oferta pura de ferramentas de virtualização de servidores para a estratégia de data center definido por software (SDN, na sigla em inglês) e mobilidade.

Silva estampa no currículo passagens pela diretoria de serviços e vendas da Symantec Brasil e Sola, além de posições na AMD, Hitachi e Oracle.